Cidade de Assis: pátria de São Francisco e de peregrinação

Durante uma viagem pela região da Umbria, é quase uma obrigação visitar a cidade de Assis. Não só pela esplêndida igreja de São Francisco, mas por toda sua riqueza histórica e artística. Ao contrário de outras localidades de peregrinação, Assis oferece muito ao visitante como cidade.

Como você já deve saber, o grande protagonista de Assis é São Francisco, que nasceu, cresceu e morreu na cidade.
São Francsico (San Francesco) nasceu por volta de 1180, durante uma guerra com Perugia, foi prisioneiro por mais de um ano, a partir de 1206 se dedicou aos serviços de Deus, ajudando os pobres e vivendo como tal. Sua renúncia a todos os bens da rica família, é famosa por ter sido em público, na praça de Assis, onde ele tirou toda a roupa do corpo e entregou a seu pai. Francisco foi proclamado santo em 1228, apenas 2 anos após sua morte pelo papa Gregorio IX.

Cidade de Assis

Cidade de Assis

[adv-rental class=”center”]

Santa Clara (Santa Chiara) foi o discípulo mais fiel de São Francisco, também de família nobre abdicou tudo para segui-lo. Sua igreja – Santa Chiara – é também muito visitada pelos peregrinos (não a visitei dessa vez, pois já estive nela há um tempo), mas a parte mais admirada, é o Oratório do Crucifixo, onde está zelosamente guardado o Cristo bizantino (obra de um pintor de Assis da metade do século XII), que em 1206, na pequena igreja de San Damiano (São Damião), falou ao jovem Francisco, determinando a conversa e a missão de toda sua vida. Santa Clara é a fundadora das ordens das Clarissas.

“Conheça o pacote com hotel, transfer, guia, jantar e massagem na cidade de Assis: Serviço Turístico

A cidade de Assis é reconhecida como a capital mundial da paz, verdadeiro ponto de referência para os peregrinos e religiosos de várias partes do mundo, a qual é atribuído o papel fundamental quando se fala de paz, de direitos humanos, respeito pela natureza e a integração entre pessoas em todo o mundo. No ano de 2000, foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Assis representa um exemplo único de cidade santuário, é o local onde nasceu a ordem dos franciscanos. Desde a Idade media, é ligada ao culto e a difusão do movimento franciscano no mundo.

A basílica dedicada a São Francisco construída no século XIII a mando do papa Gregorio IX, é o monumento mais importante da cidade, e recomendo a começar seu passeio em Assis  próprio por ela.

Basílica de São Francisco de Assis

Basílica de São Francisco de Assis

A basílica é um lindo e imponente complexo constituído por duas partes opostas: uma igreja baixa e escura na parte inferior e uma ampla e luminosa na parte superior.
Sua fachada é em estilo gótico e seu interior é coberto por afrescos (parcialmente seriamente danificados pelo terremoto de 1997 e hoje restaurados) realizados por celebres artistas: Cimabue, Giotto, Simone Martini e Pietro Lorenzetti.

Afrescos no interior da Igreja Superior

Afrescos no interior da Igreja Superior

Quando você entrar na Igreja Superior, vai se encantar com a filtragem da luz através dos vitrais, em contraste com a Igreja Inferior, em que a luz é significativamente menor.

Igreja Superior

Igreja Superior

Basílica de Sao Francisco de Assis

Patio da basílica com o “Claustro de Sisto IV” no centro

A Igreja Inferior onde encontra-se a cripta e está o túmulo de São Francisco, se apresenta como uma construção escura com arcos e, por vezes, propensa em contraste com a igreja superior, que é mais elegante, espaçosa, arejada e clara, mas é espetacular e de uma energia incrível.

Basílica de São Francisco de Assis

Entrada da Igreja Inferior

Interior da Basílica de São Francisco de Assis

Interior da Igreja Inferior

Igreja de São Francisco de Assis

Euzinha!

Informações para visitar a basílica de São Francisco na cidade de Assis

Horário de abertura no inverno
Igreja Superior: das 8h30 às 18h (último ingresso as 17h45)
Igreja Inferior e túmulo: das 6h às 18h (fica aberta até as 19h30, exceto quarta feira somente para orações)

Celebrações
Domingos e feriados
7h30 Santa Missa (Igreja Inferior- Altar Mor)
9h Santa Missa (Igreja Inferior – Altar Mor)
10h30 Santa Missa (Igreja Inferior – Altar Mor)
12h Santa Missa (Igreja Inferior – Altar Mor)
17h Santa Missa (Igreja Inferior – Altar Mor)
18h Vésperas Solenes (Igreja Inferior – Altar Mor)
18h30 Santa Missa (Igreja Inferior – Altar Mor)

De segunda a sábado
6h30 Ofício das Leituras e Laudes (Igreja Inferior – Altar Mor)
7h15 Santa Missa Coventual (Igreja Inferior – Altar Mor)
11h Santa Missa (Igreja Inferior – Capela S. Catarina)
17h Santa Missa do peregrino (Igreja Inferior – Capela S. Catarina)
19h Oração da noite (Igreja Inferior – Altar Mor – exceto quarta feira)

Confissões
Domingos e feriados
Das 7h às 13 e das 14h30 às 19h15
De segunda a sábado
Das 7h30 às 12h30 e das 15 às 18h

Horário de abertura no verão

Igreja Superior: das 8h30 às 19h (último ingresso as 18h45)
Igreja Inferior e túmulo: das 6h às 19h (permanece aberta até as 20h, exceto nas quartas feiras, somente para orações)

O Túmulo abre nos dias de sextas feiras e sábados das 21h às 22h somente para orações pessoais

Celebrações
Domingos e feriados
7h30 S. Missa (Igreja Inferior – Altar Mor)
9h S. Missa (Igreja Superior)
9h S. Missa em língua inglesa (Igreja Inferior – Altar Mor) a partir do segundo domingo de pascoa
10h30 S. Missa (Igreja Superior)
12h S. Missa (Igreja Superior)
17h S. Missa (Igreja Inferior – Altar Mor)
18h Vésperas Solenes (Chiesa Inferior – Altar Mor)
18h30 S. Missa (Igreja Inferior – Altar Mor)

De segunda a sábado
6h30 Ofício de Leitura e Lodes (Igreja Inferior – Altar Mor)
7h15 S. Missa conventual (Igreja Inferior – Altar Mor)
9h S. Missa (Igreja Inferior – Capela S. Catarina)
11h S. Missa (Igreja Inferior – Capela S. Catarina)
18h S. Missa do peregrino (Igreja Inferior – Altar Mor)
19h Oração da noite (Igreja Inferior – Altar Mor – exceto nas quartas feiras)

Confissões
Domingos e feriados
Das 7h às 13h e das 14h30 às 19h15
De segunda a sábado
Das 7h30 às 12h30 e das 15h às 19h

O igresso nas duas igrejas é gratuíto, paga-sa 4 euros para o audioguia.

Deixando a basílica, siga para visitar o centro da cidade de Assis!

Ao interno dos muros medievais explode em toda sua beleza a cidade histórica de Assis. São exatamente as muralhas o primeiro aspecto a ser admirado, que se subdivide em duas partes: a antiga muralha que circunda a cidade, construída antes de 1200, e aquela externa realizada após esta data. Bem acima das muralhas medievais destacam-se a Rocca Maggiore (Maior) e a menor.

Edifícios da cidade de Assis

Edifícios da cidade de Assis

Assis é um antigo centro de fundação umbra (região da Umbria) e romana que ainda mantém intacto seu aspecto medieval. Seus edifícios históricos são em pedra rosa e branca que entram em total harmonia com o aspecto religioso da pequena cidade.

Cidade de Assis

Cidade de Assis

Cidade de Assis

Cidade de Assis

Está situada na província de Perugia, no monte Subasio, numa magnífica posição.

Centro histórico de Assis

Centro histórico de Assis

Centro histórico de Assis

Centro histórico de Assis

O ingresso na cidade é através de uma de suas portas, das muitas existentes no passado, restaram apenas 10 e são: San Francesco, San Pietro, Porta del Moiano, Porta del Sementone, Porta San Giorgio, Porta Nuova, Porta Perlici, Porta Cappuccini, Porta San Giacomo e Porta Perugina.

Porta de entrada de Assis

Uma das portas de entrada de Assis

Saindo da Basílica de São Francisco e prosseguindo pela longa Via San Francesco, passando por ruazinhas encantadoras e ladeiras (é sim, a cidade é cheia de ladeira, mas não são longas e muito ígremes não) admirando botegas e monumentos, chega-se a Piazza del Comune (Praça da Prefeitura) de aspecto medieval, onde está o Templo de Minerva – se trata de um antigo santuário romano do século I a.C com uma elegante fachada clássica.

Assis - Cidade de peregrinação

Assis – Cidade de peregrinação

Ruas de Assis

Ruas de Assis

Praça da prefeitura de Assis

Praça da Prefeitura

Templo de Minerca em Assis

Templo de Minerva

Aproveite para dar uma parada e almoçar em uma das osterias do centro histórico e degustar de uma boa refeição com os produtos da Umbria como o pecorino e a trufa. A maioria dos restaurantes é decorado em estilo medieval, o que dá um toque ainda mais especial ao lugar.

Restaurante em Assis

Restaurante em Assis

Esta é a quarta vez que passo pela cidade de Assis e a conheço bem, por tal motivo, não segui o grupo de operadores turísticos com o qual eu estava viajando para visitar outros lugares de interesse turístico como a Ermida e as igrejas de Santa Maria dos Anjos, São Damião, Duomo de São Rufino, Igreja Nova e Igreja de São Estevão, além da Rocca Maggiore, uma fortaleza de onde tem-se uma bela vista e que é possível chegar a pé a partir da Porta Perlici. Aproveitei para visitar alguns hotéis e restaurantes.

Recomendo a passar duas noites na cidade de Assis para visitar a Umbria, pois é uma região de grande beleza com lindas cidades como Spoleto, Gubbio, Perugia, Todi, Trevi e outras mais.

[caixa title=”Saiba mais sobre a Itália”]

[/caixa]

Damares está dentro do mundo de viagens desde 1987. Morou em Milão de 1990 a 2014, quando se transferiu para cidade de Colônia, na Alemanha. No momento vive na linda região de Lisboa, pertinho do mar! Aproveita sempre da facilidade de viajar pela Europa, conhecendo vários países nesse maravilhoso continente!

contato1@keviagem.com

Nenhum Comentário

Deixe Um Comentário