Toscana: descubra por que visitar Lucca

0

Se você vai passear pela Toscana e está se perguntando se vale a pena visitar Lucca, continue lendo o post para descobrir os motivos que irão te levar a ficar com muita vontade de conhecer essa encantadora cidade medieval.

visitar lucca

Já estive em Lucca outras vezes e sempre me apaixono por ela quando atravesso suas muralhas e entro em seu antigo e bem conservado centro histórico. Minha passagem pela cidade dessa vez, foi apenas na parte da tarde e à noite de um sábado, pois eu estava acompanhando um grupo e tínhamos passado a parte da manhã em Pisa.

É verdade que as 2 cidades estão muito próximas e que dá para passar por elas num só dia, mas visitar Lucca em tão pouco tempo é um pecado. Ela é tão cativante e charmosa, que não dá vontade de ir embora logo nãoooo!

Por que visitar Lucca com mais tempo?

Você sabia que Lucca há mulharas muito bem conservadas e que é possível passear sobre elas? Foram construídas entre o século XV e XVII e ainda estão intactas. Lucca é uma das poucas cidades italianas que ainda possui tal fortificação. Suas medidas são excepcionais: 12 metros de altura e 4 km de comprimento. A partir do século XIX, foram utilizadas como parque urbano público, e são consideradas como um grande recurso para os cidadãos e os turistas. Passear a pé ou em bicicleta pelas muralhas de Lucca é uma das coisas mais agradáveis para se fazer na cidade.

muralhas de Lucca

Caminhos para subir nas muralhas de Lucca

As muralhas têm 6 portas pelas quais você poderá acessar o centro histórico de Lucca:
Porta Santa Maria (1592)
Porta San Jacopo (1930)
Porta Elisa (1811)
Porta San Pietro (1565)
Porta Sant’Anna (1910)
Porta San Donato (1629)

Seu centro é muito bem cuidado e estruturado. À primeira vista Lucca é fascinante de uma forma extraordinária, graças a maneira que suas ruas foram construídas, ordenadas de acordo com o padrão Romano, com edifícios medievais e muitas igrejas, principalmente românicas, exemplos esplêndidos do estilo de Pisano-Lucchese.

centro histórico de Lucca

Lucca é chamada “a cidade das 100 igrejas” pelo grande número de edifícios religiosos que abriga.
A Piazza de San Michele (São Miguel) é o coração da cidade e nela se encontra a sede da igreja românica de San Michele in Foro. Se o exterior do edifício encanta com a sua altura vertiginosa, o interior não é pra menos, aqui você pode, de fato, admirar a Madonna col Bambino de Andrea della Robbia.

passear pela toscana

Conheça nossos passeios pela Toscana a partir de Florença. Clique aqui

Outra igreja muito interessante, é a basílica de San Frediano. Já desde o sexto século, no lugar existia uma igreja dedicada a três santos: Vincenzo, Stefano e Lorenzo. Esta primeira igreja foi edificada por vontade de San Frediano, bispo de Lucca entre 560 e 588. No final do século VIII foi construída uma cripta que recebeu o corpo de San Frediano.

o que ver em Lucca

Em 1112 começou a reconstrução do edifício, que foi consagrada em 1147. A igreja era menor do que vemos hoje. Foi concluída com a ornamentação de um mosaico no topo da fachada. O mosaico representa a Ascensão de Cristo em uma mandorla apoiada por anjos, na presença dos Apóstolos, originalmente colocados em cada lado da Madonna, cuja imagem foi destruída para a abertura da janela lanceta central.
Muitas pessoas de várias partes do mundo chegam a Lucca para admirar esse mosaico.

A Via Fillungo é a rua principal da cidade que atravessa todo o centro histórico, ela leva até à igreja de San Frediano e à praça do Anfiteatro, autêntico tesouro de Lucca de sistema romano. Aqui surgia, de fato, o velho forun, e é próprio sobre a estrutura em forma elíptica típica dos anfiteatros romanos, que foi construída a atual praça e os edifícios que a circundam, mantendo sua forma e estrutura. Hoje na praça existem restaurantes e bares e é onde acontecem eventos e concertos, sobretudo no verão.

cidade medieval na Toscana

Na Via Fillungo e San Paolino você vai encontrar muitas opções de lojinhaaassss!

Um dos mais importantes compositores italianos de todos os tempos, conhecido e apreciado em todo o mundo por suas famosas obras como “La Boheme”, “Tosca” e “Madame Butterfly”, nasceu em Lucca. Giacomo Puccini foi uma das grandes figuras da ópera italiana entre os séculos XIX e XX. Na Piazza Cittadella você encontrará uma estátua do compositor e também sua casa natal que virou um museu dedicado a ele. O museu está localizado num apartamento, no segundo andar de um edifício antigo ao lado da estátua.

museu Puccini

Como visitar Lucca pegando uma vista deslumbrante da cidade

Quando visitar Lucca, não deixe de subir em uma de suas duas torres para apreciar a cidade do alto.
A Torre delle Ore (Torre do Relógio) fica na Via Fillungo, há 50 metros de altura sendo a mais alta das 130 torres presentes na cidade desde a Idade Média até hoje. Para chegar até seu topo sobe-se 207 degraus.

visitar Lucca

Horários de visitação
Janeiro-Fevereiro: Fechado
Março: 9h30-17h30
Abril-Maio: 9h30-18h30
Junho-Setembro: 9h30-19h30
Outubro: 9h30-17h30
Novembro-Dezembro: Fechado

Bilhete: 4€

A Torre Guinigi há 45 metros de altura e foi construída na segunda metade do século XIV pela rica família de comerciantes Guinigi. A Torre Guinigi é um típico exemplo da arquitetura românica-gótica de Lucca, construída de tijolo. Para torna-la única, a família Guinigi colocou um pequeno jardim no topo da torre como um símbolo de renascimento. O jardim é dividido em três canteiros onde têm cinco árvores de carvalho plantadas. Este é considerado o jardim suspenso de Lucca. Sobe-se 230 degraus para chegar ao topo, mas é bem tranquilo, somente os últimos lances que são mais estreitos.

passear pela Toscana

o que fazer em Lucca

Visitar Lucca pegando uma vista magnífica com o pôr do sol

Horários de visitação:
Janeiro-Fevereiro: 9h30-16h30
Março: 9h30-17h30
Abril-Maio: 9h30-18h30
Junho-Setembro: 9h30-19h30
Outubro: 9h30-17h30
Novembre – Dicembre: 9h30-16h30
Fechado – 25/12

Bilhete: 4€

Saiba mais o que ver em Lucca:

Catedral de San Martino
Igreja e Bastitério de San Giovanni e Santa Reparata
Palácio Pfanner
Jardim Botânico
Piazza Napoleone
Museu Nacional do Palácio Mansi

Como chegar em Lucca

Trem: A estação ferroviária encontra-se bem próximo a uma das portas de acesso ao centro histórico de Lucca, Porta San Pietro. É muito cômodo chegar de trem partindo de várias partes da Itália.

Ônibus: A estação de ônibus fica dentro do centro histórico de Lucca, na Piazzale Verdi. Os ônibus partem de Florença, Pisa e Viareggio. Não recomendo este meio de transporte para a Lucca, porque uma viagem assim curta partindo dessas cidades, vai se transformar numa viagem longa.

Carro: As rodovias que ligam Lucca a Roma, Florença e Bolonha é a A11; de Genova e Viareggio é a A12 .
Chegando de carro, você vai encontrar vários estacionamentos em torno das muralhas. Recomendo que estacione fora das muralhas, as ruas do centro histórico são muito estreitas e muitas vezes ficam bloqueadas de carros. Além do mais, a maior parte das ruas são proibidas para circulação pra quem não mora no centro histórico. Os dois maiores estacionamentos encontram-se no lado sul e norte das muralhas.

Agora que você já sabe o que fazer em Lucca de interessante, não deixe de coloca-la na sua listinha, tenho certeza que você não vai se arrepender!

PLANEJE BEM SUA VIAGEM AQUI

Organize sua viagem para Itália visitando os links abaixo 

Reserve seu hotel aqui
Viajando de carro, alugue aqui
Passeios, Transfers e Shows na Itália

Siga Keviagem nas redes sociais
instagram
facebook
twitter

Compartilhe!

Sobre o autor

Damares Lombardo

Damares está dentro do mundo de viagens desde 1987. Morou em Milão de 1990 a 2014, quando se transferiu para cidade de Colônia, na Alemanha. Aproveita sempre da facilidade de viajar pela Europa, conhecendo vários países nesse maravilhoso continente!

Deixe uma Resposta