Europa barata: 10 dicas excelentes

Com o euro nas alturas, fazer uma viagem para Europa barata não é tarefa muito fácil nesse momento, mas seguindo algumas regras você poderá até chegar ao seu budget.

Alguns países ou cidades da Europa são bem mais caros do que outros, mas você não vai fazer uma viagem assim longa até aqui pra não conhecer o lugar dos seus sonhos, certo? Então o negócio é saber como se programar para gastar o menos possível.

Dicas para fazer uma viagem à Europa barata

1 – Saiba que se começa a economizar na hora de comprar a passagem aérea internacional, e a principal característica para encontrar promoções interessantes, é a flexibilidade de data e comprar com bastante antecedência. Se você tem férias num determinado período, antes de decidir a data exata, faça uma pesquisa e veja os dias que estão com preços mais baixos para a partida e o retorno.

2 – Viajar na baixa temporada, é uma ótima maneira de encontrar uma Europa barata. Os meses de janeiro, fevereiro, março, abril, outubro (depois da metade do mês) e novembro são aqueles de baixa estação aqui na Europa. Procure os vôos nesses meses e veja em qual período está custando mais barato. Algumas cidades têm eventos e feiras muito importantes em alguns desses meses, por isso, é importante fazer uma procura minunciosa para cair na data certa. Os hotéis custam muito menos na baixa temporada. No período do natal, os preços das estruturas caem bastante, mas no reveillon sobem muito.

3 – Reservar os hotéis com antecedência também é uma boa maneira de conseguir disponibildade nas estruturas simples com ótimo custo/benefício: limpeza, posição, preço.
Claro que muitos hotéis não lotam nos meses mais mortos e podem colocar as diárias em promoção, mas aqueles com esses benefícios pode ter certeza que vão lotar ou o preço dificilmente vai cair muito (já aconteceu comigo, esperei achando que isso iria acontecer e, dancei, na hora que fui reservar estava esgotado). Então para não correr o risco, reserve com antecedência de pelo menos 3 meses.

4- Você sabia que pode se hospedar gratuitamente em casas de pessoas em várias partes do mundo? O GuestToGuest é um social network onde seus membros fazem troca das próprias casas para receber pessoas durante a viagem. Você pode se hospedar na casa de uma pessoa em Paris que tenha interesse em visitar a cidade onde você mora no Brasil e assim hospeda-la. Caso queira saber mais detalhes, visite o site.

5- Comprar um bom guia de viagem do destino escolhido com dicas de restaurantes e hotéis econômicos, é uma ótima forma de desfrutar da cidade gastando pouco. Pode ter certeza que um bom guia faz a diferença. Os blogs de viagem hoje vendem guias com informações preciosas a preços baixos para você conhecer a Europa barata.

6- Procure fazer apenas uma boa refeição por dia. Eu costumo comer um sanduíche no almoço e deixar para jantar bem. Essa tática eu uso não somente para economizar, mas para ganhar tempo durante o dia e poder conhecer o máximo que puder da cidade. O tempo que se perde ao sentar num restaurante, fazer o pedido, esperar a comida chegar, comer, pagar e sair, é de pelo menos 60 minutos. Um sanduíche pode custar a partir de € 2 e chegar até a € 10, vai depender da cidade, do lugar onde você vai comprar e do tamanho. Eu consegui comer um ótimo sanduíche orgânico em Londres pagando apenas £ 2,50 que me sustentou bem. Pena que não lembro o nome do lugar, mas fica pertinho da catedral de St. Paul.

7- Uma alternative para economizar nas refeições, é pernoitar em apart hotel ou alugar um apartamento com cozinha, dessa maneira você poderá cozinhar. Hoje os supermercados oferecem muita comida boa congelada que basta colocar no micro-ondas ou no forno, e em poucos minutos a refeição está na mesa.

8– Se inscreva nas newsletters dos blogs que falam sobre seu destino para receber com frequência as dicas postadas. Você vai encontrar muitos blogs com dicas para visitar a Europa mais barata.

9- Nas cidades menores da Europa é possível visitar seus centros históricos a pé, então não se precipite e compre o card que dá vantagens para usar os meios de transportes e visitar atrações.

10- Compre o card (cartão turístico) da cidade se você for realmente precisar pegar muitos meios de transportes (em Londres eu recomendo absolutamente, os meios de transportes são caríssimos, o Oyster é o ideal) e/ou visitar muitas atrações como museus. O cartão de Florença, por exemplo, eu não recomendo, a não ser que você fique muitos dias na cidade e pretenda visitar vários museus, porque o cartão é muito caro.

Damares está dentro do mundo de viagens desde 1987. Morou em Milão de 1990 a 2014, quando se transferiu para cidade de Colônia, na Alemanha. No momento vive na linda região de Lisboa, pertinho do mar! Aproveita sempre da facilidade de viajar pela Europa, conhecendo vários países nesse maravilhoso continente!

contato1@keviagem.com

Comentários
  • Damares Lombardo

    Sou professora é estarei em Portugal de 20/07 à 06/08 na casa de meu irmão, gostaria de conhecer dois países próximos gastando o mínimo possível . Me dê algumas dicas e sugestões! Obrigado!

    29 de maio de 2016
  • Damares Lombardo

    Vou para Italia em novembro e gostaria de visitar outro pais proximo, poderia me dá algumas dicas

    18 de junho de 2016
  • Damares Lombardo

    Vou para Itália a em janeiro/2017 com um grupo, sendo que ficaremos de 2 a 4 dias em Rimini (participando de uma feira) e depois iremos para Roma passar 6 dias em Roma, qual roteiro você me recomenda? Inclusive gastronômico.
    Obrigado

    23 de junho de 2016
  • Damares Lombardo

    Vou fazer uma viagem de aproximadamente 10 dias na Europa, pretendo desembarcar em Paris, passar 5 dias e ir para Londres para passar os outros 5 dias. A melhor opção pra ir de Paris para Londres seria uma passagem low cost? Trem? Qual a opção mais viável? E qual outra cidade eu poderia incluir nesse roteiro você aconselharia? Referente ao seguro de viagem, há algum site em que eu possa comparar os preços ou ver onde posso fazê-lo?

    10 de julho de 2016
  • Damares Lombardo

    Em Maio farei um tour pela Europa 25 dias e quero entrar em portugal, italia,alemanha e holanda,talvez Paris. O que vcs me recomendam para que a viagem seja proveitosa e barata?

    17 de julho de 2016
  • Damares Lombardo

    Boa tarde!
    Vou para Paris em dezembro/2016 e ficarei 15 dias. Quais as opções mais próximas para visitar outros locais da Europa? E vale a pena deixar para comprar roupas de inverno na França? Obrigada.

    11 de setembro de 2016
  • Damares Lombardo

    Oi Damares…tudo bem com vc?

    Pretendo em abril ficar 16 dias na europa e queria fazer Portual – Espanha – França e Itália……vc acha que daria para fazer estes 4 países 16 dias ou deixo algum de fora??
    Obrigado.

    3 de novembro de 2016
  • Damares Lombardo

    Boa tarde. Eu e minha noiva estamos planejando em passar nossa lua de mel na europa, mas ainda n decidimos qual o país ou cidade, porem surgiu o desejo de visitar mais de um país alugando um carro. Nós gostamos muito da Suíça, pela suas belas paisagens, lagos e montanhas. Qual outro pais e cidade vc recomendaria, a partir de Zurique. Vale lembrar que a ideia de alugar um carro eh pra gnt aporveitar o caminho. E estamos planejando viagem apenas de 7 dias.

    2 de janeiro de 2017
  • Damares Lombardo

    Olá, Damares. Vou para Berlim em maio e passarei 10 dias sem contar com os dias de viagem. Gostaria de uma sugestão de roteiro para aproveitar bem esse período. Adoro castelos, parques, e boa gastronomia. O que me sugere?
    Parabéns pelo blog.
    Obrigada.
    Mônica

    14 de janeiro de 2017
  • Damares Lombardo

    Olá Damáris, adoro viajar de trem na Europa, estou fazendo um roteiro Lisboa, Barcelona e Paris, e viável fazer estes trajetos de trem? Obrigado
    ABS.

    29 de janeiro de 2017
  • Damares Lombardo

    Vou para Europa em Setembro e vamos ficar 15 dias incluindo o dia de ida e volta, pensamos em ficar 5 dias em Paris e 4 em Londres. Acha que seria viável incluir mais um destino? Roma ou Amesterda por exemplo.

    Desde ja obrigada e parabéns pelo blog.

    31 de março de 2017

Deixe Um Comentário