Itália

A Itália possui muita arte, cultura e um imenso patrimônio histórico. O país esbanja beleza e bom gosto, os quais fazem parte dos hábitos de seus habitantes .

Também chamado de Belpaese pelos italianso, é conhecido no mundo como o país da beleza e da cultura: obras primas absolutas, paisagens maravilhosas, artesanato excelente, gente creativa e hospitaleira.

Panorama da Italia

Panorama da Itália

Descubra as belezas do país de norte a sul com maravilhosos lugares para visitar. É um país onde se concentram todas as belezas: montanhas altíssimas para esquiar, mar azul turquesa com areia branca, parques arqueológicos, cidades medievais com grandes riquezas culturais, lagos imensos, cultura culinária única, moda, arquitetura e muito mais. Abriga o maior número de sítios arqueológicos declarados Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, são 47 espalhados por todo o país, e é o quinto mais visitado do mundo.

Está situada na Europa Meridional, com uma população de cerca 60,7 milhões de habitantes, e com uma das capitais mais famosas do mundo, Roma. Faz fronteira com França, Suiça, Austria e Eslovênia. É circundata pelos mares Ligure, Tirreno, Ionio e Adriático. Estende-se no centro do mar Mediterrâneo tendo ao sul e ao oeste duas grandes ilhas: a Sicília e a Sardenha. Ao norte da Sicília situa-se o arquipélago das Eólias, composto pelas pequenas ilhas vulcânicas de Stromboli, Lipari, Vulcano, Alicudi, Filicudi, Salina e Panarea

As regiões da Itália

O país é dividido por regiões, províncias e municípios. Possui 20 regiões com 110 províncias e um total de 8101 municípios. Diferente de países como a Inglaterra e a França, pois foi unificado somente em 1861, e antes disso era dividido em muitos reinos e repúblicas, cada uma com sua administração, moeda, língua e muitas tradições. Isso explica porque ainda hoje, as tradições, os costumes, a culinária, o vinho, os dialetos e os sotaques e, até mesmo, as paísagens naturais e arquitetônicas variam muito de região a região, e os habitantes das várias regiões são muito orgulhosos de suas tradições.
Geograficamente, o país  tem a forma de uma bota, no mapa abaixo (clique no mapa para ampliar), da para ter uma perfeita idéia disso. Aqui é nomal por exemplo,  dizer que a  Puglia (Pulhia), está localizada no salto da bota (nel tacco dello stivale).

Mapa da Italia

Abruzzo (Aquila), Basilicata (Potenza), Calabria (Catanzaro), Campania (Napolis), Emilia Romagna (Bologna=Bolonha), Friuli Venezia Giulia (Trieste), Lazio (Roma), Liguria (Genova), Lombardia (Milano), Marche=Marque (Ancona), Molise (Campobasso), Piemonte (Torino), Puglia=Pulhia (Bari), Sardegna=Sardenha (Cagliari), Sicilia (Palermo), Toscana (Firenze=Florença), Trentino Alto Adige (Trento), Umbria (Perugia), Valle d’Aosta (Aosta), Veneto (Venezia).

Clima
Como muitas outras coisas na Itália, o clima também vária muito de um lugar para o outro. O inverno no norte do país pode ser muito frio, principalmente nas montanhas. Partindo do centro e descendo em direção ao sul, o clima fica sempre mais temperado. Em algumas jornadas invernais, a temperatura pode estar abaixo de zero no norte e a 18° no sul, esses são casos muito frequentes na Sicília (em muitas casas nem tem calefação, mesmo chegando a fazer frio durante alguns dias no inverno). Geralmente o verão é quente em todo o país, um pouco mais no sul. Tem também diferenza entre as áreas costeiras, as áreas internas e de montanha. Esta última é sempre mais fresca. Os meses mais quentes são julho e agosto, principalmente no sul.

Quando visitar a Itália

Qualquer período “va bene”, depende do que a pessoa quer fazer, se gosta de esportes invernais, de dezembro a março pode esquiar, ou até mesmo fazer esqui de verão nas geleiras de até 3850 metros nos meses quentes. Se decidir visitar as cidades, a primavera e o outono são os meses ideais, e se tiver a fim de curtir praias e ilhas, o período melhor é de junho até a metade de setembro. O melhor mesmo, é visitar a Itália muitas vezes em períodos diferentes. De qualquer jeito, acho que seria útil saber que por causa das férias escolares e de trabalho, a maioria dos italianos viaja nos períodos de Natal, Reveillon, Páscoa e principalmente nos meses de julho e agosto, e pode ter certeza que vai encontrar as destinações turísticas e lugares famosos super lotados e mais caros. Por isso aconselho a organizar sua viagem para a Itália com antecedência, principalmente se prentende vir pra cá nessas épocas. É claro que vindo fora desses períodos, vai encontrar preços mais baixos e menos filas. No período de julho e agosto, os italianos fogem para as praias e montanhas, e as cidades ficam mais vazias, mas hoje o número de turista aumentou muito, portanto, tem sempre gente.

Gastronomia italiana
Precisaria de pelo menos umas 3 páginas para falar sobre a diversidade da culinária italiana. Algumas cidades ou regiões, ficaram famosas no mundo e tem o mesmo nome da sua especialidade gastronômica. Assim é o pesto genovese, a pasta bolonhese, o risoto milanês, o bife a milanesa, a pizza napolitana, o bife fiorentino, o parmegiano regiano, a cassata siciliana, o queijo gorgonzola e etc.

Vinhos italianos
Muitos vinhos também trazem o mesmo nome da zona de produção: vinho espumante de Asti, os vinhos Bardolino, Brunello, Chianti, Conero, Franciacorta, Frascati, Gattinara, Ghemme, Marsala, Montepulciano, Orvieto e tem até os vinhos religiosos: Vin Santo e Lachrima Christi, e um com nome de gente, vinho Monica, na Sicilia.

Aeroportos
Todas as principais cidades mencionadas acima, tem aeroportos internacionais. Isso não significa que os aviões que chegam de outros continentes, desçam diretamente nelas, mas que fazem conexão nos aeroportos de Roma ou Milão, com possibilidade de chegar muito comodamente em qualquer região do país.

Companhias aéreas
Do Brasil partem vôos para muitas localidades italianas com ótimas ligações, há várias companhias aéreas que fazem apenas uma conexão em uma das cidades da Europa. As opções de vôos diretos são apenas duas, saindo de São Paulo com a Tam que vem direto pra Milão, ou com Alitalia que sai do Rio de Janeiro e chega em Roma. Estas são as únicas companhias aéreas que fazem vôos sem conexão ou escalas, você senta na poltrona do avião, e chega diretamente aqui.

Você vai ter a possibilidade de viajar pela Itália através do blog, onde encontrará inúmeros posts sobre este país esplêndido com ótimas dicas e informações. Veja todos os posts da Itália.