O medo de viajar faz com que muita gente deixe de viver uma imensidão de experiências incríveis!
O mundo nesse momento está atravessando um momento muito delicado e, com isso, levando muitas pessoas a sentir cada vez mais medo, sobretudo de viajar.

Foi pensando nisso que convidei a cara amiga Tania Wolf para falar um pouco sobre um tema tão em voga atualmente, medo de viajar. Tania Wolf é psicologa e acabou se incentivando a estudar e trabalhar com coaching transformacional e desenvolvimento pessoal. Com a facilidade da internet, Tania atende muitos clientes que moram em várias partes do mundo por webcam. Ela atende também pessoalmente na cidade de Colônia, na Alemanha, onde reside nesse momento.

Medo de Viajar por Tania Wolf

Toda escolha tem ganhos, toda escolha tem perdas. Porém, algumas escolhas tem mais perdas do que ganhos. Entre as perdas mais difíceis de lidar está a perda dos sonhos. Não teriam os sonhos que se sonha acordado sido feitos para serem realizados? E ali, entre os tantos sonhos a realizar, está o sonho de viajar.
Sonho de viajar, vontade de ver o que está além mar, desejo de conhecer outras culturas, estas e tantas outras são características em comum entre milhares de pessoas ao redor do globo. E apesar da imensa vontade, muitos não conseguem superar um fator bastante comum e que gera muita frustração e insatisfação, o medo.
O medo varia bastante de intensidade e seus sintomas se manifestam diferentemente entre quem o enfrenta. Muitos tem medo de viajar (Hodofobia), tantos tem medo de viajar de avião (Aerofobia), outros tem receio de passar pela imigração, alguns tem medo de se perder.

medo de viajar

Como expatriada, já tendo vivido em quatro continentes, admito que também já passei por situações em que tive medo e eventualmente ainda passo por algumas. O medo, colocando de maneira simples, é um mecanismo de defesa e proteção que acorda nosso cérebro primitivo (e pouco adaptado à vida moderna). Quando nossos hormônios são ativados ao nos sentirmos em perigo ou quando nos sentirmos ameaçados, ficamos em estado de alerta e tensão.

Frequentemente atendo clientes em busca de adaptação, buscando bem viver e acredito que entender o que se passa individualmente é o melhor caminho para encontrar a solução.

Abaixo cito 7 considerações a serem levadas em conta para driblar o medo de viajar

1. MEDO X CONSEQUÊNCIA
O que esse medo trás de bom pra você?
Se você viajar, quais serão as recompensas?
Alguns exemplos: ver lindos cenários, experimentar culinárias típicas, conhecer um lugar diferente, entre outros.

2. SEJA REALISTA E NÃO PESSIMISTA
Antes de deixar o medo tomar conta de você, considere a baixa probabilidade de algo fatal acontecer.
Se necessitar, consulte estatísticas e confirme que incidentes são raros, por isso viram casos famosos na mídia e tornam-se assuntos favoritos entre pessimistas e sensacionalistas.
Qual a pior coisa que pode acontecer se você decidir ir? E o que você fará pra restabelecer a ordem? Pensar nos possíveis desafios e em suas soluções proporciona alívio e preparo.
Que tal parar de nutrir desculpas que irão aumentar seu medo de viajar e pensar em viver seu sonho? Nutra seu sonho com possibilidades empolgantes.

3. CURIOSIDADE X COMODISMO
Como vai saber se não tentar?
Já pensou que pode gostar muito? Que sua experiência pode ser fantástica e você pode voltar planejando a próxima viagem?
Que tal experimentar ao menos uma vez ao invés de desistir e viver triste por não ter tentado?
Sua vida sem viagens, você já sabe como é, que tal descobrir uma nova versão de sua vida com viagens?

4. IDIOMA
Falar o idioma facilita, mas não falá-lo não é impedimento, pois nosso poder de comunicação vai muito além da fala.
Para melhor se preparar você pode tentar aprender algumas frases básicas e comprar um dicionário de viagens.
Já visitei lugares em que eu não falava o dialeto local e onde os locais não falavam inglês e foi uma ótima experiência.

5. SOZINHO X EM FAMÍLIA X EM EXCURSÃO
Se quer viajar sozinho e tem receio, pesquise o máximo sobre seu destino, tente entrar em contato com pessoas que já foram ou que residem lá e esclarecer algumas dúvidas entre várias alternativas. O máximo que pode acontecer é você ampliar seus conhecimentos, conhecer novas pessoas, ter mais experiências e decidir que essa foi sua única viagem solo.
Se quer viajar em família, façam pesquisas juntos, decidam o itinerário em comum acordo. Um agente de turismo qualificado ou blogs de viagem podem facilitar programas para famílias. Vocês podem viver juntos uma experiência memorável que ficará na lembrança pra sempre.
Se quer viajar em excursão, você terá pessoas por perto sempre com um programa de viagem desenvolvido por profissionais e poderá sentir-se mais seguro para lidar com receios quanto à viagem.

6. MEDO DE VOAR
Muitas pessoas tem medo de voar e esse medo tem várias origens, inclusive por não estarem em controle da situação.

medo de voar
Para driblar o medo de voar vale a pena aplicar seu raciocínio lógico e preparar-se. Nos dias de hoje e com a tecnologia tão avançada, é raríssimo algum avião ter problemas. Pense logicamente, milhares de aviões cruzam os céus diariamente e comprovam que medidas de segurança das empresas são confiáveis. Alguns passageiros consumem remédios para dormir durante o voo, o que facilita e diminui a sensação de incomodo (nunca o faça sem acompanhamento médico). Se você tem ansiedade relacionada ao voo, mantenha-se hidratado durante toda a viagem e não consuma bebidas alcoólicas. Se voar não é uma possibilidade, existem outros meios de transportes que podem levá-lo ao mesmo destino, apenas demorando um pouco mais.
O medo fortalece a memória e eventos como ataques terroristas podem sobrestimar a probabilidade dos mesmos voltarem a acontecer. Estes eventos chocam sim, mas não são eventos corriqueiros e não devem alimentar seu medo de viajar.

7. PREPARO PARA DRIBLAR O MEDO DO DESCONHECIDO
– Um elemento determinante em viajar com mais confiança é o preparo para enfrentar o desconhecido.
Pesquise itinerários ou contrate um profissional qualificado para ajudá-lo. Consulte google maps e google images para ter uma ideia dos lugares por onde vai passar. E também para saber os lugares a evitar. Visite blogs de viagem especializados em seu destino, você vai encontrar muitas dicas essênciais que com certeza serão muito utéis.
– Se você tem receio de se machucar ou se ferir, faça um seguro de saúde internacional que cubra custos no seu país de destino.
– Se você tem medo de ser roubado, seja precavido. Informe-se e pesquise sobre medidas de precaução e deixe seus pertences valiosos no hotel. Ficar alerta diminui significantemente o índice de roubos e furtos.
– Se tem medo de se perder, não deixe esse medo dominar você. Ande com um mapa da cidade, faça um X na localização do seu hotel no mesmo ou use o GPS de seu celular para encontrar o caminho do hotel. Lembre-se sempre de pegar um cartão de seu hotel e leve-o com você ao sair. Pegar um táxi de volta ao hotel também é uma solução fácil.
– Lembre-se de visualizar várias etapas da viagem, você sentado confiantemente no aeroporto, você dormindo tranquilamente no avião, você explorando seu destino em segurança, você voltando realizado, você comemorando seu sucesso e planejando a próxima viagem.

Sair da sua zona de conforto e arriscar viajar não quer dizer que você não terá medo, mas quer dizer que você o domina e vai realizar um sonho. O medo vai com você e você vai é leva-lo pra passear e deixá-lo na bagagem ao invés de deixá-lo determinar o que você pode ou merece fazer.

Lembre-se sempre que o maior arrependimento de pessoas ao fim da vida tem a ver com aquilo que não fizeram.
Pense nas fotos maravilhosas e nas lembranças que você vai poder manter no seu baú de conquistas pessoais.
Até hoje nunca conheci alguém que tenha se arrependido de ter controlado seu medo e ter feito a viagem dos seus sonhos. Realmente acredito que você irá se orgulhar de vencer seu medo e viajar.

Esse artigo não cobre fobias crônicas como Agorafobia e outras e nem aborda sintomas físicos manifestados pelas mesmas e que podem, frequentemente, ser superadas através de acompanhamento profissional capacitados como o de psicólogos clínicos e médicos psiquiatras.
Com acompanhamento e planejamento adequados e com um bom roteiro de viagem em mãos, o medo de voar e de viajar pode ser controlado e você transforma seus sonhos em realidade.
Por transformações de medo em realização de sonhos, desejo que você faça uma ótima viagem!

Tania Wolf desenvolve um trabalho incrível e tem ajudado muitas pessoas a superar vários tipos de problemas como medo, ansiedade e insegurança. 

Visite o site para saber detalhes, e caso queira ter mais informações como preços e consultas, é só enviar um email que ela entrará em contato: taniawolfcoaching.com

 

Compartilhe este Artigo:

Comentários do Blog - 2 Comentários

  1. Alessandro    30/09/2016

    Ótimo post, parabéns pelas dicas! Vou viajar semana que vem!

    • Damares Lombardo    09/10/2016

      Boa viagem Alexandre!
      Abs
      Damares

Deixe seu Comentário