Ronda: a pérola da Andaluzia

15

Depois de atravessar lindas colinas com muitas curvas e plantações de oliveiras, chega-se na esplêndida Ronda, uma das mais belas cidades da Andaluzia, a qual conserva até os dias de hoje seu aspecto árabe.

viagem na Andaluzia

Ronda é uma das cidades mais antigas da Espanha e um dos mais famosos Pueblos Blancos – pequenas cidades pitorescas localizadas em colinas e montanhas entre Málaga, Sevilha e Algeciras. Antigamente era também conhecida como viveiro dos famosos bandidos andaluzes, los bandoleros. Hoje é um centro ativo da província de Málaga, a 50 km da Costa do Sol.

viagem na Andaluzia

Ronda é uma cidade suspensa no ar. O rio Guadalevín esculpiu três lados na rocha, formando um assustador e cenografico penhasco, o Tajo (o corte). Situada no topo de um esporão rochoso, a cidade está dividida em duas por uma ravina profunda de 100 metros: de um lado, está La Ciudad, a velha cidade, que, apesar de alguns edifícios em estilo renascentista, a presença mourisca é prevalente. Do outro lado, encontra-se o Mercadillo, a parte nova, que é unida àquela antiga por três pontes. Aqui, a cidade esteve protegida por muralhas e portas nos tempos das invasões inimigas.

Ronda
A entrada na cidade é atravès da parte nova, onde estão concentrados a maioria dos hotéis (os mais baratos), restaurantes, bares e cafés.

Cidades da Andaluzia

Cidades da Andaluzia

Pegando a Calle Virgen de la Paz, chega-se na Plaza de Toros, onde está situada a Arena dos Touros  (a mais antiga da Espanha) em estilo neoclássico inaugurada em 1785 com capacidade para abrigar até 6000 pessoas. Ronda é também famosa por ser a pátria da “corrida moderna”, criada pelo toureiro Pedro Romero, que nasceu próprio na cidade em 1754. Pedro matou mais de 5000 touros durante sua longa existência.

Hemingway e Orson Welles visitavam com frequência a cidade para assistir as corridas. Welles tinha um grande afeto por Ronda, tanto é que quis ser enterrado aqui, e suas cinzas estão na vila privada de seu grande amigo, um dos toreiros mais ilustres da Espanha, Antonio Ordonez.

Arena de Toros

Entrando na Peseo Blas Infante, você vai encontrar a sua direita um jardim com o mesmo nome de onde vai poder ter uma vista linda!

Pueblos Blancos-Espanha

Pueblos Blancos-Espanha

Andaluzia

Continuando por essa rua, chega-se ao ponto de informação turística. Aproveite para pegar o mapa da cidade e obter informações sobre entradas nas atrações. Tem inclusive um cartão que da direito a visitar alguns monumentos.
Prosseguindo na mesma direção, chega-se na principal praça da cidade, Plaza de Espanha, onde encontra-se a incrível Puente Nuevo, que divide a cidade em duas partes como mencionei acima. Se trata de uma construção de estrutura imponente realizada em 1751.

Ronda-Espanha

Ponte Nueva

Ronda

Atravessando a ponte, você vai chegar na parte antiga de Ronda, e a arquitetura dessa parte da cidade, conta uma história árabe que remonta ao início do ano 700 d.C., depois da invasão muçulmana na Península Ibérica, e é a partir deste período que data a maior parte do patrimônio arquitetônico da cidade árabe.

Viagem na Andaluzia

Entrando pelas ruas estreitas da cidade antiga – La Ciudad – você vai encontrar praças, igrejas, cafés e muitos cantinhos sugestivos.

centro histórico

Pueblos Blancos

Pueblos Blancos-Espanha

Para pegar esse panorama fantástico aqui abaixo da Puente Nuevo, siga até a Plaza Mondragon e no fundo vire a direita para entrar na trilha que leva até uma parte mais baixa do terreno. São uns 15 minutos de descida, e cerca de 25 pra subir. Claro, descer todo santo ajuda, né?

Ronda Ponte Nueva

Ronda Ponte Nueva

Após ter tirado muitas fotos (o panorama vai te deixar louco e você vai fazer uma foto atrás da outra), volte para a praça Mondragon e continue o passeio, explorando essa parte antiga de Ronda, pois é aqui que estão concentradas as atrações mais interessantes da cidade.

Passeios na Espanha

Passeios na Espanha

Passeios na Espanha

Passeios na Espanha

O que visitar em Ronda

Palácio Mondragon, Iglesia de Santa Maria la Mayor, Plaza Duquesa de Parcent, Museo del Bandolero, La casa de Rey Moro, Banhos Arabes.

Caso você não esteja de carro, pode chegar em Ronda tranquilamente com o ônibus a partir de Malaga, de Marbella, Granada e outras localidades. A passagem não custa caro e os ônibus têm ar condicionado, coisa importantíssima no verão. Não se desespere para comprar o bilhete online com antecedência, os ônibus partem com bastante frequência das cidades próximas.

Atenção: no mês de julho e agosto faz bastante calor na cidade, mesmo estando situada numa parte alta, o calor é forte. Portanto, procure chegar na cidade pela manhã cedo, porque a partir das 14h, o sol fica forte. Use sapatos confortáveis, será mais fácil para caminhar por suas ruelas e descer a trilha para admirar a Puente Nuevo.

E se você não quiser caminhar muito, tem a opção do micro-ônibus que roda pela cidade passando nas atrações mais importantes.

Ronda-passeio

Compartilhe!

Sobre o autor

Damares Lombardo

Damares está dentro do mundo de viagens desde 1987. Morou em Milão de 1990 a 2014, quando se transferiu para cidade de Colônia, na Alemanha. No momento vive na linda região de Lisboa, pertinho do mar! Aproveita sempre da facilidade de viajar pela Europa, conhecendo vários países nesse maravilhoso continente!

15 Comentários

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Olá Amanda! Muito obrigada! Acabei de visitar seu blog e achei bem inovativo. Legal! Parabéns e muito sucesso. Vamos trocando figurinhas…rs.
      Abs
      Damares

  1. Damares Lombardo

    Olá,tudo bem?
    Li suas dicas sobre Alhambra e parei aqui na página sobre Ronda.
    poderia me tirar uma dúvida?Estarei em Granada dia 06/06,vinda de Madri.chegarei à tardinha e vou pernoitar para no dia seguinte cedinho começar o passeio por Alhambra.Ao final do passeio(fim do dia)Vou pernoitar em Málaga(07/06 à 08/06) pois vou para Sevilha onde tenho hospedagem de 08/06 à 10/06.Minha pergunta: é possível,vale à pena,incluir Ronda nesse percurso de Málaga à Sevilha? Qual o melhor trajeto de Málaga á Sevilha?
    Agradeço sua atenção.

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Celia, eu acho que vale a pena sim, Ronda é uma graça e esta bem no caminho de Malaga a Sevilha. Quanto ao percurso, sugiro que alugue um carro com GPS, mas dá um aolhada no google maps pra ter uma ideia melhor.
      Abs
      Damares

  2. Damares Lombardo

    Ahh desculpe,mas vc tem alguma indicação de restaurante com vista para almoçar?Eh o dia do aniversário de uma pessoa do grupo e queríamos algo especial!
    Grata!

  3. Damares Lombardo

    Olá! Só uma sugestão: colocar o tempo estimado da visita. Senti muita falta disso para fazer o meu roteiro na Andaluzia. De qq forma, adorei seu roteiro por Ronda. Só tenho uma manhã para conhecer Ronda e queria ter certeza de ver o mais importante. Obrigada.

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Mamy, Ronda é bem pequena e dá pra visita-la em 4 horas sem visitar museus. O percurso pra chegar na parte mais baixa pra pegar o visual bacana da Ponte Nuevo, que é mais demorada, dura uns 45 minutos. A subida de volta é meio cruel, mas dá pra fazer e super recomendo.
      Abs
      Damares

  4. Damares Lombardo
    ROSELIANE SALEME on

    Amei os seus comentários e as dicas preciosas. Só fiquei em dúvida quantos dias ficar ali, porque mudei todo o roteiro de viagem e penso que vou ficar as férias de julho somente na Espanha (lugar de onde é o meu espírito).
    Abraço e obrigada

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Roseliane, Ronda é bem pequena, eu acho que 2 dias e 1 noite seja suficiente para conhecer a cidade. Eu cheguei por volta das 10h e parti às 16h, mas não visitei nenhum museu.
      Abs
      Damares

  5. Damares Lombardo
    dalva coca lott on

    Damares, sou uma pessoa de 70 anos, mas muito disposta, com saúde e gostaria de fazer uma viagem para o leste Europeu , apesar de ter morado na Alemanha, não cheguei a conhecer essa parte. Gostaria de receber informações a respeito, talvez até uma excursão já que vc. é agente de viagens. obrigada bjs Dalva

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Olá Dalva. Eu não vendo excursões para o Leste Europeu, mas você poderia se apoiar aos guias brasileiros ou que falam português em cada cidade.
      Abs
      Damares

Deixe uma Resposta