Viajar com crianças para Europa mais leve

11

Viajar com crianças e conseguir levar pouca bagagem é sempre o que todos pretendem, colocar na mala o essencial é o mais adequado. Mas quando se trata de viajar com crianças, nem sempre é uma tarefa fácil. Como combinar as duas coisas evitando a sobrecarga de objetos que muito provavelmente não vai caber na mala? Mas tem coisas que são indispensáveis, como carrinhos e portadores de bebê. E ai, o que fazer?  

Felizmente, alguém pensou nisso, e agora viajar com crianças pro exterior ficou mais fácil! Nos últimos tempos, tem nascido várias agências que alugam equipamentos para crianças, principalmente nas localidades turísticas mais visitadas como Roma, Milão, Veneza, Florença, Paris,  Madrid, Londres.

A oferta é grande: carrinhos para gêmeos, portadores de bebê, cadeirinha para auotomóvel, bercinhos, cadeirões, mochilas, fraldas, aquecedores de mamadeira, brinquedos e tudo aquilo que possa ser útil as necessidades de uma criança pequena.

O ponto nevrálgico é o preço, porque é claro que o aluguel não é gratuíto, depende muito de cada agência, da cidade e por quantos dias você pretende alugar um equipamento. Por exemplo, se alugar um carrinho de bebê em Paris para um dia, pode custar 29 euros por dia, mas por uma semana, termina saindo até em conta, 40 euros.

Às vezes, a estes preços deve ser adicionado o custo do transporte, porque os produtos podem ser recuperados em lugares estratégicos, como estações ferroviárias, aeroportos ou ser entregue diretamente no seu hotel ou casa. A maioria das agências oferecem o serviço a domicílio, é só você telefonar, ou enviar um email.

Algumas estâncias turísticas nos Alpes têm introduzido este serviço na Itália, oferecendo aluguel de carrinho de bebê  adequado para fazer as trilhas difíceis nas montanhas, tipo aqueles carrinhos antigos de três rodas equipados com freios a disco.

Há também locadoras que colocam a disposição para quem locar um carro, a possibilidade de alugar equipamentos para crianças pagando um pequeno suplemento.

Deixo aqui links em algumas cidades para alugar os equipamentos:
Este link oferece o serviço em várias cidades da Itália: www.mammamamma.it
Sicilia:
www.sicilybabyrental.it
Roma: www.travelbaby.it
Paris: www.babytems.fr
Costa do Sol na Espanha: www.spainbabygearhire.es
Madrid:  www.elbebeviajero.es
Barcelona
:
www.buggyingbcn.com/
Em Londres e no Reino Unido em geral tem muitas opções, da uma olhada nesse link: www.thenewparentsguide.com/baby-equipment-rentals-europe-uk.htm
Praga: www.babyinprague.cz/

Saiba mais

Organize sua viagem para Europa visitando os links abaixo

Reserve seu hotel com o booking.com
Viajando de carro, alugue com Rentalcars
Serviços Turísticos

Siga Keviagem nas redes sociais:
instagram
facebook
twitter

 

Compartilhe!

Sobre o autor

Damares está dentro do mundo de viagens desde 1987. Morou em Milão de 1990 a 2014, quando se transferiu para cidade de Colônia, na Alemanha. Aproveita sempre da facilidade de viajar pela Europa, conhecendo vários países nesse maravilhoso continente!

11 Comentários

  1. Olá, Damares
    Acabei de descobrir este blog e já gostei de muitas informações , prentendo ir para a Itália em Agosto de 2014.
    Mas estou com uma super duvida, se vou somente eu e meu marido em uma viagem máxima de 10 dias fazendo o básico Milao, Veneza, Florença , Roma ) ou se levamos nosso filho , la vai estar com quase 05 anos, e com ele poderemos fazer uma viagem mais longa 15 a 17 dias, mas gostaria de saber se para uma criança de 05 anos a viagem seria proveitosa , pois pretendemos fazer tudo de carro.

    • Damares Lombardo on

      Marcia, traga seu filho e faça uma viagem mais longa, agosto é verão e ele vai adorar. Evite somente as cidades de praia, porque é o período que os italianos saem de férias e invadem as praias. Tenho feito muito roteiro com famílias com crianças e estão curtindo muito.
      Dez dias é pouco pra visitar Milão, Veneza, Florença e Roma, calcule pelo menos 15 dias e divida bem os dias em cada lugar.
      Abs
      Damares

  2. Betina Lourenco on

    Olá Damares!
    Meu marido e eu pretendemos ir para a Europa por 15 dias, levando nossa filha de 1 ano e 5 meses conosco. Tem algum roteiro mais aconselhável por estarmos com uma bebê? Algum local não devemos/podemos visitar?
    Muito obrigada pela ajuda!

    • Damares Lombardo on

      Olá Betina, coloca seu bebe no canguru e aproveite sua viagem, faça como os nórdicos, que viajam com seus filhos desde pequenos pra tudo quanto é lugar. É claro que você vai ter que considerar o período, se for inverno ou verão muito forte, fica mais difícil ficar muito tempo fora com ele, mas acha-se sempre um jeitinho. Outra coisa que precisa organizar, é visita em museu, procurem fazer esse tipo de passeio, no horário que ele dorme.
      Abs
      Damares

  3. Damares como vai ?
    Gostaria de um dica, estou viajando para Milão meu marido que fara um curso de 4 dias e ficaremos 8 dias no total, vamos como nossa filha de 3 anos, vc nos indicaria alguma cidade proxima para conhecer ou qual passeio deveriamos fazer, vc acha que posso faze-lo sozinha com minha filha sem muitos problemas ? digo em relação a caminhadas longas pois criança é bem complicado andar muito e querer visitar museus ou teatros, enfim… por favor me algumas dicas, muito obrigada.

    • Damares Lombardo on

      Regina, te aconselho a trazer o carrinho e caminhar pelo centro de Milão. Tem muitas cidades próximas bacanas para visitar, mas precisa pegar trem, e vc vai ter que subir com criança e carrinho sozinha. Em Milão tem por exemplo o Museu Civico de História Natural e o Museu Arqueológico, mas sua filha é pequena,então não sei se ela vai se divertir…
      Abs
      Damares

  4. Nossa, adorei a ideia. A criatividade e o sucesso realmente nascem da necessidade. Parabéns blog, pessoal, muito legal e cheio de dicas interessantes. Muito sucesso, beijinhos!

  5. Damares, boa tarde. Sobre crianças eu li este e o link sobre roupas, mas fico na dúvida de como preparar meu filho de 1 ano e 5 meses para o inverno europeu. Por um lado as lojas aqui no Brasil são caras, mas não sei se posso arriscar vestir o bebe somente quando chegar no destino. Eu vou em novembro pra paris e depois stuttgart. O que voce aconselharia para os pais que vão levar bebes comprarem no Brasil ? o mínimo de roupas básicas ou já embalar o bebe por completo? sei que custa caro, mas o gasto seria somente com roupas para o bebe. Qual a tua orientação? obrigado.

Deixe uma Resposta