Viajar pela Toscana sem carro

Viajar pela Toscana sem carro

Se você vai visitar a Itália e pretende viajar pela Toscana mas não quer dirigir e não sabe como conhecer as cidades da região sem carro, fica tranquilo, seus ploblemas acabaram!

Você vai poder inclusive fazer degustação de vinhos e tomar bebidas alcólicas durante o almoço, já que não vai precisar dirigir.

Keviagem fechou um acordo com uma ótima operadora que faz todos os passeios na Toscana que você imaginar, e o melhor de tudo isso, é que é tudo organizado por eles mesmo, não é tercerizado e depois revendido.
Para quem não tem problemas em dirigir, eu recomendo sempre alugar um carro e viajar pela Toscana, que é a melhor maneira para descobrir cantinhos maravilhosos e muitas vezes escondidos. Mas os passeios na Toscana organizados também cobrem muito bem as cidades do território.

Viajar pela Toscana

Viajar pela Toscana

passeios na Toscana

Os tours partem de Florença durante o ano inteiro, o que facilita para quem visitar a Toscana também no inverno, podendo evitar dirigir nas estradas com neve ou gelo.
As excursões na Toscana podem ser feitas em grupos, o que barateia bastante, além de ser uma boa ocasião para fazer amizades com estrangeiros, italianos ou até mesmo brasileiros!

Vou dar alguns exemplos de passeios organziados para você ter uma idéa de como é viável.

Veja abaixo alguns dos passeios que você poderá fazer se viajar pela Toscana sem carro:

1 – Passeio de 11 horas visitando: San Gimignano, Siena, Monteriggioni, Chianti e degustação de sorvete artesanal

O que inclui:

Ônibus de turismo equipado com todo o conforto
Acompanhador Turístico multilingue
Visita livre de San Gimignano e Monteriggioni
Tour em Siena com Guia de Turismo profissional
Entrada para a Catedral de Siena
Visita a uma vinícola típica com degustação de vinhos
Degustação de vinhos, azeite e outros deliciosos produtos locais
Degustação de sorvete artesanal em San Gimignano

2- Um dia Especial na Toscana visitando: Pisa, San Gimignano e Siena

O que inclui:

Ônibus de turismo equipado com todo o conforto
Acompanhador Turístico multilingue
Visita livre de Pisa e San Gimignano
Almoço em uma fazenda típica da Toscana
Tour de Siena com Guia de Turismo
Entrada para a Catedral de Siena

3 – Cores e Sabores do Chianti: meio período de tour com duas degustações de vinhos

O que inclui:

Ônibus de turismo equipado com todo o conforto
Acompanhador Turístico multilingue
Visita de duas fazendas vinícolas locais
Degustação de vinhos, azeite extra- virgem e vinagre balsâmico
Lanches acompanhados de petiscos caseiros
Possibilidade de comprar vinho e outros deliciosos produtos locais
Visita livre em Greve in Chianti

Os passeios são feitos em espanhol, inglês e italiano, mas a língua espanhola para nós brasileiros não é assim tão difícil de entender. A notícia boa, é que têm possibilidade de fazer alguns tours também em português, mas precisa ter um mínimo de 2 pessoas.

Para comprar os passeios na Toscana, visite a página de Serviços Turísticos. Existem muitas outras opções de excursões na Toscana além daquelas presentes na página, mas não coloquei todas porque a lista é enorme demais, então caso você não encontre  o que deseja, é só enviar um email para contato1@keviagem.com que responderei em pouco tempo. É possível também adaptar seu passeio em maneira privada, como desejar.

viajar pela Toscana

RESERVE SEU HOTEL AQUI

PARA ACOMPANHAR KEVIAGEM NAS REDES SOCIAIS

SIGA NO FacebookInstagramTwitterPinterestYoutube e Google+

 

Damares está dentro do mundo de viagens desde 1987. Morou em Milão de 1990 a 2014, quando se transferiu para cidade de Colônia, na Alemanha. No momento vive na linda região de Lisboa, pertinho do mar! Aproveita sempre da facilidade de viajar pela Europa, conhecendo vários países nesse maravilhoso continente!

contato1@keviagem.com

Comentários
  • Damares Lombardo

    Olá! Para dirigir na Italia por 20 dias é necessário estar de posse do documento PIB?

    17 de abril de 2016
  • Damares Lombardo

    Sim … Acabei de me informar!
    Habilitação com tradução juramentada ja resolve pois é menos de 180 dias. E o valor é menor da PID.

    21 de abril de 2016

Deixe Um Comentário