Antigamente tinha carona, agora tem carpooling

O carpooling é a maneira moderna de dividir uma viagem com alguém. Acabou essa coisa de ficar  parado lá
na rua balançando o dedo pedindo uma carona, agora os tempos são outros, até para pedir uma caroninha, você pode se organizar antes, graças ao nosso querido e amado internet.

Funciona assim, quem tem um carro e quer dividir uma viagem com pessoas que não conhece, mas que fazem o mesmo trajeto, informa quantas pessoas pode levar, e quem é interessado, contacta o proprietário do carro. É possível usar esse método para percursos dentro da cidade, tipo de casa para o trabalho e vice versa, ou para fazer viagens mais longas. Geralmente é o dono do carro que decide o valor que cada pessoa deve pagar para dividir as despesas da viagem.

Digamos que é também um ótimo modo de praticar a mobilidade sustentável, fazendo bem ao ambiente, porque com esse sistema, teremos menos carros circulando nas ruas, o que significa menos trânsito e poluição, além da economia para quem o está utilizando.

Quanto a segurança, é sempre um ponto de interrogação, mas parece que a coisa é bem organizada. Primeiro a pessoa precisa se registrar online, colocando todos os seus dados, assim o dono do carro pode saber com quem vai dividir a viagem, isso é possível, porque o sistema do site dá o feedback útil para o interessado.
Para as mulheres, tem um serviço rosa, todo ao feminino.

O carpooling é muito usado na Alemanha, na França e nos Estados Unidos, na Itália está se desenvolvendo cada vez mais.

Llink: www.carpooling.com

Alguém já fez essa experiênca e gostaria de nos contar?

Damares está dentro do mundo de viagens desde 1987. Morou em Milão de 1990 a 2014, quando se transferiu para cidade de Colônia, na Alemanha. No momento vive na linda região de Lisboa, pertinho do mar! Aproveita sempre da facilidade de viajar pela Europa, conhecendo vários países nesse maravilhoso continente!

contato1@keviagem.com

Comentários
  • Damares Lombardo

    Isso bem que poderia ser impalntado aqui no Brasil. Alem de ajudar a diminuir a poluição, já aliviaria – e muito – o transito caótico de São Paulo… Mas será que daria certo?!

    17 de novembro de 2011

Deixe Um Comentário