Austrália: Queensland “Airlie Beach e Cairns”

A região de Queensland, na Austrália, tem muitos lugares interessantes do ponto de vista naturalístico, incluindo a Sunshine Coast e Gold Coast, com algumas das praias mais populares do Estado, as montanhas Bunya e a Grande Cordilheira Divisória (com inúmeras cachoeiras e áreas para picnic), Carnarvon Gorge, as Ilhas Whitsundays, Hinchinbrook Island e muito mais.

Roteiro de viagem pela região de Queensland

Saímos de Hervey  Bay pela manhã percorrendo o Queensland com um dia lindo, tinha um sol maravilhoso com  céu azul e límpido. Era impressionante percorrer quilômetros e quilômetros de estrada sem ver uma construção de casa, mas só muito verde e muito e muito espaço.

Finalmente podemos admirar os cangurus que pulavam livres num espaço  enorme em total liberdade. É realmente emocionante. A região tem muita plantação de cana de açucar e usinas. Paramos para almoçar na cidade Rockhampton, é o maior centro comercial de Queensland, lugar onde a criação de gado é abundante e a carne é muito boa. Dormimos numa cidadezinha ali perto, no dia seguinte pegamos a estrada bem cedo, e depois de 6 horas de viagem chegamos em um de nossos itinerários, Airlie Beach.

Airlie Beach

Queensland   Queensland
A cidade era muito lindinha, ficamos em um hotel bem legalzinho com piscina, se encontrava numa parte alta com uma super vista. Deixamos as malas no hotel e fomos diretamente em uma agência para reservar nossa excursão para o dia seguinte às ilhas de Whitsundays. Visitar essas ilhas, era uma de nossas metas principais.
Airlie Beach
Airlie Beach   Airlie Beach
A cidade estava cheia de backpackers (muchilerios), com jovens de várias partes do mundo. Backpack significa hostel (hotel da juventude), e na Austrália tem realmente muitos, a maioria se encontra nos melhores bairros das cidades, são bem transados, baratos e limpos. Jantamos num bar restaurante com música ao vivo e uma moçada bacana e bem animada.
Airlie Beach
Airlie Beach   Airlie Beach
A empresa com a qual fizemos a excursão, passou no hotel para nos apanhar pela manhã. O catamarão era ótimo, pagamos 60 doláres australianos por pessoa com almoço incluso e o material para fazer snorkelling. Whitsundays é um grupo de 74 ilhas que está localizada no coração da Grande Barreira de Corais, mas apenas 8 são habitadas.
Ilhas de Whitsundays
Ilhas de Whitsundays   Ilhas de WhitsundaysIlhas de Whitsundays   Ilhas de Whitsundays
A ilha de Hamilton tem um aeroporto com voos que chegam de várias partes da Austrália, a maior delas é Whitsunday. A água é azul turquesa e a areia branquinha e bem fininha.
Ilhas de Whitsundays
Ilhas de Whitsundays    
Ilhas de Whitsundays

Nosso catamarão

viagem pela Australia viagem pela Australia

O guia nos deu várias informações sobre o lugar, e uma delas nos deixou impressionados. Em uma das ilhas que paramos, a areia não esquenta nunca, a temperatura pode chegar a 30°, mas ela continua fresquinha, e assim estava quando descemos do catamarão, fresca. Fizemos snorkelling em outra ilha e passamos um dia fabuloso. No dia seguinte prosseguimos nossa viagem.

Paramos um pouco antes de Townsville para visitar o Billabong Sanctuary, onde os cangurus ficam livres. Finalmente minha filha pode pegar o Koala nos braços e acareciar um canguru, um sonho realizado. Viajar pela Austrália tem esses encantos!
Billabong Sanctuary                                   Canguru
Billabong Sanctuary   cangurus
Um simpático casal de Crocodilos                                       Dingo, o cão selvagem australiano
Billabong Sanctuary   Billabong Sanctuary

Dormimos em uma pequena cidade depois de Townsville, e no dia seguinte partimos pela manhã cedo em direção à Cairns, depois de 5 horas, finalmente chegamos em nossa última etapa. A cidade de  Cairns há um clima é mais quente, pegamos 30° no inverno, no verão chega a 40°. O lugar é tão quente no verão, que fizeram uma piscina enorme bem no centro para as pessoas se resfrescarem nos dias de muito calor, com salva vidas, banheiro limpo e lugar para deitar e pegar sol. A Austrália é um super primeiro mundo!
Piscina de Cairns
cidade de Cairns   Cidade de Cairns na Australia
Adorei a cidade de Cairns, não era nem grande nem pequena, tinha um tamanho ideal, com museus, cinemas, teatros, barzinhos e restaurantes. Cairns é muito visitada porque é o ponto mais próximo de saída para conhecer as barreiras de corais.

Após rodar por uma hora pela cidade procurando hotel, achamos um bem legal, estava a 4 km do centro, tinha uma piscina deliciosa com cascata e era todo em estilo rústico com um lindo jardim cheio de palmeiras. Esse foi o hotel mais caro que ficamos na Austrália, 130 doláres australianos a diária para um apartamento triplo.
Hotel Fig Tree Lodge
Cidade de Cairns     Cidade de Cairns na Australia

No centro, encontramos várias agências de viagens que vendiam o tour em catamarão para visitar as Barreiras de Corais. Pagamos 120 doláres australianos por pessoa com a refeição inclusa e o material de snorkelling. O porto de Cairns era super moderno, parecia que eu estava num aeroporto, até as chamadas no alto falante, era igual.

Fizemos nosso check in e seguimos para a entrada do catamarão e, com grande surpresa, conhecemos uma garota brasileira que trabalhava no barco, ela era fotografa, tirava as fotos das pessoas enquanto faziam snorkelling ou imersão (pena que ela não fez nenhuma foto nossa, não nos encontrou debaixo da água). Ela se chamava Claudia, morava em Cairns há 2 anos e adorava, disse que nunca usava calça jeans, só bermuda, shorts e vestidos. Que inveja!!!
Passeio para as Barreiras de Corais
Viajar pela Australia   Viajar pela Australia
A Barreira de Corais é algo fenomenal, não dá para descrever, ao vivo é deslumbrante, fantástico e quase irreal, peixes e corais com cores incríveis. Imagine uma fileira de Corais que se estende por milhares de quilômetros e que só é possível vê-la por inteiro do espaço. A maior parte da barreira é composta de recifes de Corais distribuídos em anéis e chega-se até eles em catamarãs ou barcos de alta velocidade muito confortáveis.
Barreira de Corais                                                                Fazendo snorkelling
barreira de corais   Grande barrerira de Corais
Os tours são caros,  mas é melhor pagar 120 doláres australianos e conhecer a beleza dessas barreiras mais de perto, porque vale a pena. Tem passeios mais baratos, mas a parada é somente a 20 km da costa, e não é interessante. Nós viajamos por 2 horas para chegar na plataforma onde se encontrava a base. Os catamarãs e os barcos chegam até essa plataforma gigante no meio do mar, e os turistas passam para ela. Lá ficamos por umas 3 horas, onde fizemos snorkelling e almoçamos. Um pequeno tubarão passou perto do nosso grupo e nossa guia nos mostrava debaixo da água apontando com o dedo, depois colocou a cabeça para fora e falou alto “shark” (tubarão). Mas percebemos que era só para nos mostrar, nada de assustador, foi emocionante.
Foto tirada da plataforma                                    Ótimo o humor do salva vidas
Grande barreira de Corais    Australia
É possível sair também de outras cidades para visitar as Barreiras de Corais: Cooktown, Port Douglas, Mission Beach, Townsville, Arlie Beach, Mackay, Rockhampton, Gladstone, Bundaberg e Town of 1770. Nós fizemos o snorkelling nas ilhas de Withsundays, mas não vimos a mesma diversidade de Corais como aqui em Cairns.
Voltando para Cairns
Porto de Cairns   viajar pela Australia
Um de nossos sonhos tinha se realizado. Somos uma família apaixonada pelo mar, e acho que a Austrália é um dos lugares mais deslumbrantes para conhecer, é um país completo, com praias lindas onde tudo funciona perfeitamente, tem um clima ótimo, pessoas agradáveis e disponíveis. Os australianos são simpáticos e, em algumas situações, os achei ainda genuínos (mesmo nas grandes cidades), coisa rara de encontrar em nosso mundo ocidental, e isso é maravilhoso. A região de Queensland é espetacular, merece uma viagem até mesmo mais longa.

No dia seguinte pegamos o voo para Melbourne, porque nosso retorno para Itália partia de lá.

Uma coisa curiosa, vimos muitos australianos caminhar descalços, até mesmo debaixo de muita chuva em Sydney, e era gente vestida normal, não era nem bêbado nem maluco. Em nosso voo de Cairns a Melbourne, tinha um rapaz com a namorada que fez desde o check in até Melbourne descalço, com os sapatos nas mãos. Ficamos curiosos, se alguém ai souber o motivo, me informe aqui no blog por favor, gostaria de saber.

[caixa title=”Saiba mais”]

Australia: Hervey Bay
Sydney – Uma maravilhosa viagem pela Austrália
Melbourne – Cidade cultural e moderna

Organize sua viagem pela Austrália visitando os links abaixo (os links abaixo são de parceiros comerciais do blog)
Reserve seu hotel com booking.com
Viajando de carro, alugue com Rentalcars

Siga Keviagem nas redes sociais:
instagram.com
facebook
twitter

[/caixa]

Damares está dentro do mundo de viagens desde 1987. Morou em Milão de 1990 a 2014, quando se transferiu para cidade de Colônia, na Alemanha. No momento vive na linda região de Lisboa, pertinho do mar! Aproveita sempre da facilidade de viajar pela Europa, conhecendo vários países nesse maravilhoso continente!

contato1@keviagem.com

Comentários
  • Damares Lombardo

    Ola! Muito legal sua materia! Achei interessante a informação sobre a Barreira, que é melhor ir mais longe para ver mais diversidade (essas pequenas informações fazem toda a diferença e quase ninguem divulga). Vc poderia me falar por gente qual foi empresa que vc gostou?

    16 de março de 2017
  • Damares Lombardo

    Ahh vc se lembra o nome dessa plataforma ou qual ilha que o seu barco fez parada?
    Obrigada!

    16 de março de 2017
  • Damares Lombardo

    Boa tarde! Você sabe me informar qual a empresa com quem você fez o passeio por $60 em Whitsundays?

    29 de janeiro de 2018
  • Damares Lombardo

    Olá,
    Estou indo pra Cairns e Whitsundays. Em ambos tenho o dia que chego e o dia seguinte para fazer o tour.
    Quanto tempo antes você fechou os passeios? Estou muita na dúvida que já fecho aqui do Brasil. Obrigada 😊

    15 de setembro de 2018

Deixe Um Comentário