Roteiro de viagem nos arredores de Roma

Quer descobrir cidades incríveis nos arredores de Roma? Então siga o roteiro de viagem que fiz pela região dos Castelos Romanos e se supreenda!

Sábado foi nosso último dia na região dos Castelos Romanos, levantamos cedo e depois do café da manhã, fomos visitar o hotel Flora, que está no centro da cidade de Frascati (cidade onde estávamos hospedados), além da ótima posição, a estrutura é uma gracinha. O hotel Flora era uma antiga residência privada que se transformou em hotel, é dirigido por 2 irmãos muito simpáticos e exigentes, o resultado dessa exigência é visível, com tudo muito perfeito.

Hotel Flora
hotel nos arredores de Roma  hotel nos arredores de Roma

Na verdade, tínhamos ido jantar lá na noite anterior, mas Manfredo, um dos proprietários, queria nos mostrar seu hotel com a luz do dia, e ele tinha razão, a percepção foi bem melhor. Nos levou até o terraço da estrutura e tivemos uma vista bem legal da região, podendo avistar até a cidade de Roma.

nos arredores de Roma

Vista de Roma

Aproveitamos para dar uma volta em Frascati, a cidade do famoso vinho branco “Frascati”. A cidade não tem um característico centro histórico, é a maior da zona e tem um pouco de trânsito. Não é feia como cidade, mas em relação as outras, essa é a menos característica, mas como ponto de apoio para visitar a região, pode ser uma boa opção.

Duomo da cidade de Frascati                            Obelisco de Frascati
cidade de Frascati  cidade de Frascati

Centro de Frascati                                             Antiga produção artesanal de vinho
 Cidade de Frascati nos arredores de Roma Cidade de Frascati nos arredores de Roma

Nossa guia, Alba, entrou numa doceria e nos ofereceu o doce típico da cidade “La Pupazza”, uma bonequinha com 3 seios, 2 para dar o leite, e 1 para dar o vinho. A ligação com o vinho é muito forte por aqui, e pra quem não conhece os vinhos do território do Lazio, que é onde estávamos fazendo nossa viagem enogastronomica, aconselho vivamente a experimentar, porque a qualidade é ótima. Se um dia você comprar a pupazza, tome cuidado ao morde-la, é muito dura e pode quebrar seu dente, e nínguem está a fim de fazer férias banguela, né mesmo? É feita com farinha e mel, sem açucar e fermento.

Eu e Alba com a Pupazza                             Doces irresistíveis
bate e volta de Roma  viagem gastronomica   

Visitamos o parque que está no centro, onde tem uma belíssima fonte, a qual fazia parte da antiga mansão “Villa Torlonia”, que não existe mais. Infelizmente, com os bombardeamentos da Segunda Guerra Mundial, muitos monumentos desapareceram.

                                                                    Fonte da Villa Torlonia
Frascati - bate e volta de Roma

De Frascati, podemos ver a mansão “Villa Aldobrandini”, que não é visitável porque foi comprada por privados, é fechada ao público sendo permitido conhecer apenas seu parque com dias e horários limitados.

Villa Aldobrandini

bate e volta de Roma

Seguimos para visitar a última cidade de nosso percurso nos arredores de Roma e aproveitamos para parar e tirar algumas fotos do lago, já que o dia finalmente estava mais límpido.

Lago de Nemi
bate e volta de Roma

lago nos arredores de Roma

Lanuvio foi nosso último destino, o qual nos surpreendeu muito! Tem um centro histórico bem bonitinho e ainda conserva a torre de seu antigo castelo – o qual não existe mais –  onde é possível subir e fazer degustação de vinhos com uma super vista dos arredores de Roma, chegando a avistar até a capital italiana em dias de sol e céu límpido. Lanuvio é também uma região de vinhos, conhecida como “Colli Lanuvini”.

Lanuvio

Centro histórico de Lanuvio

Centro histórico de Lanuvio

bate e volta de Roma 

Torre do antigo castelo de Lanuvio
nos arredores de Roma

Renunciamos ao almoço para experimentar o sanduíche com a porcheta (porketa), que o Nicky estava louco para comer (eu não comi, mas ele adorou). É a parte do tronco do porco feito assado, mas pode fazer também dele inteiro.

Viagem enogastronomica

Viagem enogastronomica – Preparação do sanduíche com a porcheta

Finalmente um dia sem nevoeiro, isso significava fotos melhores e mais nítidas, e a vista era fantástica, podendo apreciar várias  plantações de vinhedos com cores deslumbrantes: amarelo, vermelho e marron, mas com uma grande predominância do amarelo, pois estávamos no outono.

Vista dos vinhedos
vinícola na Itália

Descemos da cidade de Lanuvio que encontra-se a uns 500 metros do nível do mar e fomos parar no meio dos vinhedos do território, em uma linda vinícola que produz vinhos e especialidades orgânicas da região. O lugar era fabuloso, fiquei encantada e com inveja de quem morava nesse paraíso.

vinícola na Itália

Vinícola

vinícola na Itália

Vinhas

O proprietário nos recebeu com grande disponibilidade, nos levou para adega e explicou um pouco sobre o processo da colheita e o método da produção do vinho. Alguns ficam armazenados em barris de madeira, e depois vão para aquele de aço inoxidável, ou vice versa, ou ficam somente em um deles. Não vou explicar todo o processo aqui porque eu já até esqueci, pois estava mais preocupada em fazer a degustação de vinhos.

Degustação de vinhos

Barris

Barris - Viagem enogastronomica

Barris

Uma mesa maravilhosa com produtos para degustação nos aguardava. Preciso falar o quanto me deliciei? Nem precisa, né! Tinha paté de beringela, de pimenta vermelha, de azeitona preta e verde, ricota, óleo extra virgin aromatizado com laranja, manjericão, salvia e outros 2 que não me vem agora em mente.

Degustação de vinhos

Degustação de vinhos, óleo e patés

É maravilhoso poder experimentar iguarias e saber que ainda existem lugares que produzem dessa maneira: puro, natural, autêntico e usando a matéria prima local assim tão perto de uma cidade grande, nos arredores de Roma.

Já estávamos cheios de coisas que fomos comprando durante nossa viagem, como vinhos e queijos, mas após ter feito a degustação de vinhos, não resistimos e compramos uma garrafa de tinto, uma de branco e uma de óleo extra virgem. Como se pode resistir a toda essa delicia!

degustação de vinhos

Cantina da Vinícola

Este roteiro de viagem pode ser feito com um bate e volta de Roma tranquilamente, mas sugiro que o faça de carro, porque chega-se facilmente com o trem em Frascati, mas depois para se deslocar com os meios de transportes não é prático para passar apenas um dia.

Nossa viagem terminou por aqui, com um imenso agradecimento a todas a pessoas que nos dedicaram tempo e disponibilidade durante nossa viagem enogastronomica nos arredores de Roma para nos mostrar um pouco da própria terra, da qual são muito ligadas e orgulhosas. Descobrimos uma região de vinhos de ótima qualidade, culinária deliciosa e variada, e que os melhores óleos extra virgen desde 2010, são aqueles da região da Sicilia, Sardenha e Lazio.

[caixa title=”Saiba mais”]

Conhecendo lugares deslumbrantes na Itália
Rota do vinho pertinho de Roma
Viagem pela Itália descobrindo lugares inusitados
Pratos típicos da gastronomia italiana
Aprender italiano antes de visitar a Itália

Organize sua viagem para Itália visitando os links abaixo 
Reserve seu hotel com booking.com
Viajando de carro, alugue com Rentalcars
Passeios, Transfers e Pacotes na Itália

Siga Keviagem nas redes sociais:
instagram
facebook
twitter

[/caixa]

Damares está dentro do mundo de viagens desde 1987. Morou em Milão de 1990 a 2014, quando se transferiu para cidade de Colônia, na Alemanha. No momento vive na linda região de Lisboa, pertinho do mar! Aproveita sempre da facilidade de viajar pela Europa, conhecendo vários países nesse maravilhoso continente!

contato1@keviagem.com

Comentários
  • Damares Lombardo

    Bom dia Damares, fiquei curioso em conhecer essa parte da Itália. Você saberia me dizer com eu chego até lá de trem?
    Obrigada

    1 de fevereiro de 2013
  • Damares Lombardo

    Eu moro na Holanda, estarei indo para Roma em maio, adorei essa opção, já coloquei na minha lista de viagem.
    Parabéns pelo blog

    2 de fevereiro de 2013
  • Damares Lombardo

    Olá Damares… Como esses blog está me ajudando….
    Mas ainda continuo com uma dúvida cruel…rsrs. Quantidade de dias em cada cidade, será que pode me ajudar???
    Pensei em ficar 5 dias em Roma, 2 em Florença e 5 em Padova (de lá vou para outras cidades no bate e volta)
    O que acha??? Dá certo???
    Grata e mais uma vez, Parabéns pelo blog!!

    3 de agosto de 2014

Deixe Um Comentário