Sirmione e as Grutas de Catullo

Sirmione é uma pequena e encantadora cidade localizada no Lago de Garda, perto da capital da Lombardia, Milão.

Esta é uma daquelas cidades que dá para fazer um bate e volta de Milão tranquilamente, pois encontra-se aproximadamente a 1 hora e 30 minutos. Adoro passear por suas vielas, mas prefiro visita-la durante a semana nos meses de maio e setembro, quando tem menos gente, mas nem sempre é possível,  com a correria do dia a dia e trabalho, só consigo mesmo nos finais de semana.

As diferentes épocas históricas, deixaram em Sirmione sinais visíveis levando ainda hoje a estudos com novas descobertas pelos arqueólogos e historiadores. A história conhecida da península começa no segundo milênio a.C, na Idade do Bronze.

Além de cantinhos sugestivos, você vai ter muito o que visitar em Sirmione durante seu passeio nessa deliciosa cidade de lago, e vai até poder curtir um Spa com sauna e massagem!

Sirmione

Na base da península passava uma estrada que ligava as cidades romanas de Verona e Brescia. Em Sirmione, provavelmente na área de Lugana Vecchia, se encontrava uma estação de parada para os viajantes na época romana.

cidade de lago

Sirmione encontra-se na região de um dos vinhos brancos doc que mais gosto, Lugana. O vinho é produzido na zona do baixo Lago de Garda, em um solo argiloso, um remanescente da  última era glacial, ou seja, a base daquilo que era a geleira que formou o Lago de Garda.

Sirmione é um daqueles lugares com cantinhos aconchegantes, cheio de barzinhos chamorsos que nos convida a fazer uma parada e tomar um bom drink apreciando aquele lago enorme que parece mais um mar.

Sirmione

Esta é uma boutique
o que visitar em Sirmione

Lago de Garda

Aqui você vai encontrar lojas com lindos artigos em cerâmica que chegam da cidade de Bassano. Os preços são bons, eu compro sempre alguma coisa, não consigo resisitir.

Frutas em cerâmica
Frutas de cerâmica na Itália

Cerâmica na Itália

O lugar é muito visitado também por causa de suas famosas termas, com gente que chega de várias partes do mundo para curar algumas doenças como aquela respiratória. Aqui na Itália, vende-se inclusive a água de Sirmione nas farmacias, é usada para fazer inalação.

Este é o SPA termal mais famoso de Sirmione, Aquaria, onde é possível passar apenas algumas horas curtindo as piscinas e  fazendo massagens ou fangos.

Termas na Itália

O lugar têm piscinas termais externas e internas com água doce e um circuito de água entre sauna e banho a vapor, e tudo com vista panorâmica para o lago. Na verdade tem coisa que não acaba mais, sugiro que visite o site para saber mais detalhes e se organizar. Para apenas 1 hora e 30 minutos, custa 15€, mas vai depender do período de alta ou baixa estação.

Só de ver sua entrada, já da vontade de passar alguns momentos de total relax num lugar maravilhoso desse!

Termas em Sirmione

Outro motivo que atrae muitas visitas à cidade, são as Grutas de Catullo. Mas muita gente chega aqui, pensando que são realmente grutas profundas de estalactides e estalagmites, e ficam surpresos ao descobrir que se trata de restos da maior Villa Romana encontrada no norte na Itália.

bate e volta de Milão

bate e volta de Milão

O nome enganoso é explicado pelo fato de que, no século XV, quando o termo foi inventado, os restos se apresentavam como cavernas cobertas de vegetação, esta era a impressão que tinha-se olhando para o território a partir do lago. No mesmo período, o complexo foi identificado como a casa de propriedade da família de Catullo, um famoso poeta latino que morreu aqui em 54 a.C. Mais tarde foi descoberto que não se tratava da casa do famoso poeta, mas sim de outra família muito rica da época do ímperio romano, mas não sabe-se até hoje a quem pertencia exatamente.

cidade de lago

Lago de Garda

O complexo é enorme, distribuído em dois hectares, mas infelizmente está muito danificado, apesar do precioso trabalho de recuperação dos arqueólogos. No entanto, o que resta é suficiente para dar uma idéia de como poderia ser a vida de pessoas ricas no distante passado, acho que não muito diferente dos dias de hoje. Tinham todo o conforto, com casas gigantescas e suntuosas. Esta Villa era usada como casa para passar férias, com piscinas termais privadas.

Esses romanos se tratavam bem, hein!

o que visitar em Sirmione

A posição das Grutas de Catullo é fabulosa, encontra-se bem na ponta extrema da península, com uma vista fantástica!

Aconselho a visitar o museu que encontra-se bem na entrada do parque, nele tem video que conta a história do lugar. Assim sua visita ficará ainda mais interessante.

o que visitar em Sirmione

bate e volta de Milão

Como fazer um bate e volta de Milão a Sirmione

Carro: esta é a maneira mais aconselhável e prática para fazer um bate e volta de Milão até a cidade. Basta pegar a estrada em direção a Veneza e depois seguir as indicações.

Trem: em Sirmione não tem estação ferroviária, precisa pegar um trem para Desenzano e depois apanhar um ônibus que chega em cerca de 15 minutos. A outra opção é pegar o ferry boat que faz ligação a partir de Desenzano para outras localidades do lago, incluso Sirmione. Mas esta última opção é mais demorada.

Dica: de novembro a abril muitas lojas fecham durante a semana, nesse caso, recomendo a visitar a cidade num final de semana.

[caixa title=”Saiba mais”]

Sirmione e seu castelo fortificado
Lago de Garda na Itália | Desenzano
Quando viajar para Itália
Lago Maggiore: passeios nas ilhas Borromeo

Organize sua viagem para Itália visitando os links abaixo 

Reserve seu hotel com o booking.com
Viajando de carro, alugue com Rentalcars

Siga Keviagem nas redes sociais:
instagram
facebook
twitter

[/caixa]

Damares está dentro do mundo de viagens desde 1987. Morou em Milão de 1990 a 2014, quando se transferiu para cidade de Colônia, na Alemanha. No momento vive na linda região de Lisboa, pertinho do mar! Aproveita sempre da facilidade de viajar pela Europa, conhecendo vários países nesse maravilhoso continente!

contato1@keviagem.com

Comentários
  • Damares Lombardo

    Olá Damares, vou ficar 4 dias em Milão e gostaria de fazer este passeio, me apaixonei por esse lugar. Vou te mandar um email pedindo maiores informações. Parabéns pelo blog, adorei.

    13 de maio de 2013
  • Damares Lombardo

    Olá Damares. Estaremos em final de abril lá em Sirmione mas chegaremos na parte da tarde, por volta das 16h. Você acha que dá tempo de visitar as ruinas antes que feche ? Quanto tempo devemos gastar dentro da ruina para caminhar em volta e tirar algumas fotos ? Não tenho noção do tamanho. Se não me engano, fecha as 17h. Então, 17h temos que estar fora das ruínas ou é fechada apenas a entrada ? E por fim, em volta dela, também dá para andar e apreciar a paisagem depois de fechada ? Obrigado.

    10 de abril de 2014
  • Damares Lombardo

    Boa tarde Damares. .
    Irei a Milão final de agosto e gostaria de conhecer Lago de Garda e cidades vizinhas. Acha que seria ficar em Sirmione e de carro visitar Verona, Brescia etc, voltando para Sirmione à noiteinha?
    obg
    paulo

    26 de maio de 2014
  • Damares Lombardo

    Ah, quase esqueço, seu blog é fantástico. parabéns.

    26 de maio de 2014
  • Damares Lombardo

    Olá Damares, eu e minha esposa estivemos em Sirmione no mês de Fevereiro passado, minha paixão por Sirmione foi amor a primeira vista, ficamos encantados com beleza e exuberância do local. Tudo que você postou assino em baixo,
    parabéns e valeu muito porque me esclareceu alguns detalhes interessantes que me passou despercebido.
    Se pudesse eu me mudaria para lá de vez.
    Gilberto

    Obs. Gostaria de ter conhecido a comuna de Fontanella, cidade natal de meu nono, mas não foi possível.

    3 de junho de 2014
  • Damares Lombardo

    Ola Damares, parabens pelo blog!
    Irei com minha esposa nessa regiao ao final de uma viagem de carro pela Toscana e Cinque Terre. Como voltaremos pelo aeroporto de Milão queriamos passar antes por um dos lagos onde ficaremos por 1 dia. Penso no lago di Garda por ser o caminho e estava pensando onde ficar. Sirmione parece ser o melhor! Gostaria de alguns conselhos tipo local , hotel,o que fazer nas 24 hrs q teremos , vale ir ha algum lugar ao redor?
    Ha, se tiver dicas tb na Toscana e Taormina agradeço!!!!iremos no periodo do inicio de setembro. Muito Obrigado. Daniel

    19 de junho de 2014
  • Damares Lombardo

    Boa noite Damares. Mais uma vez parabens pelo blog e excelentes dicas.
    Gostaria de saber se e possivel entrar de carro em Sirmione. Meu hotel e no centro; irei de carro desde Milao.
    Em Sirmione ficarei 2 dias para fazer bate-volta nas cidades vizinhas.
    Obg
    Paulo

    16 de julho de 2014
  • Damares Lombardo

    Ola Damares,
    Amei seu blog!
    estarei na Italia em fevereiro/2015- chegarei em Roma e pelo roteiro farei Florença / Pisa / Verona / Veneza / Milao – ficarei hospedado em Verona e gostaria de algumas dicas para conhecer Sirmione e o entorno do lado di Garda que me parece ser DESLUMBRANTE! Alguma dica para quem irá visitar a região no inverno?
    desde ja agradeço
    um abraço
    🙂
    Anderson

    6 de outubro de 2014
      • Damares Lombardo

        oi Damares! Super obrigado pelo retorno e dica!!
        um grande abraço

        13 de outubro de 2014
  • Damares Lombardo

    Ola estou indo em setembro e tenho um dia em Verona livre. Vi que é bem perto. Da pra conhecer e fazer um bate volta?

    27 de maio de 2016
  • Damares Lombardo

    Olá Damares,
    Estou indo em abril para itália, pois tenho que ir à Feira de Móveis. Mas chego um pouco antes e vou embora um pouco depois.
    Antes tenho 4 dias e pensei em visitar Genova e Cinque terre, qual a melhor forma de chegar lá a partir de milão?
    E depois gostaria de ir pro Lago de Garda. É melhor alugar um carro, né? QUal a melhor cidade pra se hospedar? Ficarei 2,5dias em Garda.
    Desde já agradeço.

    Abs carol

    29 de setembro de 2016
      • Damares Lombardo

        Olá, bom dia Damares
        Estive em Sirmione, vindo de Milão ( de carro ); ótima viagem; fiquei em Sirmione e fiz bate-volta para Verona 9 q merece ficar 2 dias) e outras ciades proximas. Em Sirmione fiquei no Centro – hotel Flaminia, excelente – deixa o carro num estacionamento fora após chek-in.

        29 de setembro de 2016

Deixe Um Comentário