Se você está planejando visitar Milão entre os meses de abril e outubro, recomendo fazer um bate e volta a Lugano. A cidade é uma graça e seu dia vai passar tão rápido, que vai te dar aquela vontade de quero mais, principalmente se a visitar de maio a setembro, quando o clima é mais quente e as plantas e flores às margens do lago estão em pleno esplendor proporcionando um cenário esplêndido!

Inclusive fiz um post sobre bate e volta a partir de Milão para outras cidades: Dicas para fazer bate-volta a partir de Milão

Se você nunca ouviu falar de Lugano, saiba que é a principal cidade do Ticino (Cantone Suiço, que é uma região da Suiça) de língua italiana. A capital do “Cantone” é Bellinzona. Lugano está localizada no lago, cercada por montanhas e aos pés do monte San Salvatore. Há cerca de 30.000 habitantes e abriga todos os grandes bancos suíços e organizações internacionais ativas no banking. Turismo, finanças e comércio são, portanto, os setores de ponta da economia da cidade, que, juntos, oferecem mais de 270.000 postos de trabalho.

Como fazer um bate e volta de Milão a Lugano

É super fácil! Basta você se dirigir até a estação de trem “Stazione Centrale”, e pegar o trem que passa em Lugano. Não é necessário comprar a passagem antes porque o preço não muda comprando com antecedência. Você pode comprar nas bilheterias ou nas máquinas automáticas presentes no andar térreo da estação. O valor do bilhete varia entre 19 e 23 euros (somente ida), vai depender do dia e do horário de partida. Os trens partem com bastante frequência, a cada uma hora e dez ou vinte minutos. Para saber mais detalhes, visite o site da ferrovia Trenitalia.

E chegando em Lugano como faço para seguir pro centro da cidade?
Tranquilo, também é simples! Logo na saída da estação, você vai encontrar o funicular que vai te levar até o centro em poucos minutos. O bilhete custa CHF 1,10 somente para um trajeto.

Mas vou te dar uma dica: desça caminhando para conhecer uma parte bem gracinha da cidade e na volta suba com o funicular. Afinal de contas, descer todo santo ajuda!

Então vamos aproveitar e descer juntos a pé até o centro de Lugano, assim vou te mostrar como é fácil.
Bem na frente da estação, tem uma ponte com indicação “Centro città”, que leva em direção ao centro de Lugano.

Bate e volta a Lugano

Esta é a vista que você vai ter desse ponto

Panorama de Lugano

Panorama de Lugano

Atravesse a ponte e desça a rampa. Chegando no final da rampa , vire para o lado direito, a poucos metros você vai chegar na Catedral de San lorenzo.

Catedral de Lugano

A Catedral de San Lorenzo é um notável edifício com uma fachada renascentista. Na parte interna, apresenta inúmeros afrescos e decorações barrocas. A igreja foi denominada como paróquia em 818 e colegial em 1078. É catedral desde 1888.

CONHEÇA NOSSOS PASSEIOS PERSONALIZADOS EM MILÃO E LUGANO. CLIQUE AQUI.

Deixando a catedral, volte em direção por onde chegou e siga reto, a cerca de 100 metros entre a direita na Via della Cattedrale. Esta rua é cheia de lojinhas e bem característica.

Centro de Lugano

Ruas de Lugano

Descendo a rua, você vai cair na Piazza Cioccaro, onde chega o funicular que parte da estação. Grave bem o lugar porque você vai subir por ele para voltar pra estação no final do seu passeio na cidade.

Agora você pode passear a vontade pelas vielas do centro de Lugano descobrindo cantinhos e lugares muito bacanas.

O que ver durante um passseio em Lugano numa viagem bate e volta

O núcleo histórico verdadeiro coincide com as seis contradas que compunham o antigo centro histórico: Nassa, Sassello, Cioccaro, Pessina, Cortogna e Canova

A Piazza Cioccaro, é um canto de grande encanto, nela encontra-se a Gabbani, um dos endereços mais famosos entre os luganenses e mais fotografado pelos turistas. Aqui, em uma história que começou há 70 anos, a excelência se declina em diferentes campos: gastronomia, vinho, pão, queijos, flores.

lojas em Lugano na Suiça

Lugano na Suiça

Ruas de Lugano na Suiça

A Via Nassa é uma das ruas históricas de Lugano, com lojas peculiares e refinadas. Nos 270 metros das antigas arcadas, é possível encontrar todos os tipos de lojas, desde jóias a aquelas de roupas, de gastronomia a antiguidades, além de centros comerciais.

Um dia em Lugano na Suiça

Via Canova, é outra rua de lojas refinadas. No passado, as arcadas da Via Nassa e Via Canova, davam abrigo aos barcos de pesca e de transporte, eram utilizados pelos pescadores para estender suas redes e aos artesãos para executar e expor seus trabalhos.

Via Canova em Lugano

Arcadas em Lugano

Aproveite para entrar também em outras ruas, aquelas com preços mais abordáveis, encontram-se bem próximas a essas duas mais caras, praticamente ao lado. É tudo pertinho.

A grande e animada Piazza Riforma, com edifícios antigos, em particular o da Câmara Municipal, é um quadrilátero que de um lado abre-se em direção para a bela fonte e o encantador lago. Piazza Riforma é, sem dúvida, famosa internacionalmente, bem como os bares e restaurantes que a circundam no seu perímetro de pavimentação, caracterizada pela preciosa pedra natural.

Se conseguir um lugarzinho disponível num dos bares presentes na praça com mesas na parte de fora, faça uma pausa e tome um bom chopp apreciando o vai e vem de gente.

Piazza Riforma em Lugano

Prefeitura de Lugano

Fonte em Lugano

Do outro lado da fonte, bem na esquina, está situado o lindo edifício  do Banco da Suiça Italiana.

Banco da Suiça em Lugano

Quase em frente a fonte, está o ponto do trenzinho vermelho que faz o city tour na cidade. Custa CHF 9, parte a cada 30 minutos e roda pela cidade por cerca 60. Ele faz também as ligações para os dois montes: Monte San Salvatore a direita e Monte Brè a esquerda. E do outro lado da avenida encontra-se o lago de Lugano.

Trenzinho em Lugano

Atravessando a avenida e seguindo a direita, faça um lindo passeio às margens do lago de Lugano passando pelo Jardim Belvedere.

Lago de Lugano

Lago de Lugano

Euzinha!!!

Lago de Lugano

Margens do Lago de Lugano

O Jardim Belvedere está situado no calçadão do lago, é uma harmoniosa fusão entre natureza e cultura, com uma área de 11.000 metros quadrados, é um local pequeno e encantador no coração da cidade de Lugano, um oásis de beleza e paz.

A atração aqui, não é constituída apenas pelo imediatismo do maravilhoso panorama do golfo, mas também pelas inúmeras esculturas que foram colocadas para os amantes da arte. Trata-se de obras de artes modernas compradas pela cidade especialmente para o jardim. A maior parte dos autores dessas obras são artistas famosos da região do Ticinese: Max Bill, Jean Arp, Piero Travaglini, Nag Arnoldi e Remo Rossi. Estes são apenas alguns dos artistas.

A área gramada, no qual são colocadas as estátuas, é enriquecida pela presença de canteiros de flores: tulipas e violetas na primavera, begônias, cravos e sálvia.

Lago de Lugano

Do outro lado da avenida, encontra-se o que resta do edifício do Hotel Palace, o qual no passado teve uma grande reputação por ser considerado o mais luxuoso e suntuoso da cidade. Ao lado do hotel, encontra-se a pequena igreja de Santa Maria degli Angioli, construída em 1499, abriga os maiores tesouros da arte renascentista. Olhando sua fachada, você não vai dar nada por ela, mas quando entrar, se prepare para descobrir um mundo maravilhoso de afrescos de mais de 500 anos. Linda! Em pensar que eu já havia visitado Lugano umas 10 vezes e nunca tinha entrado nessa igreja.

No centro, a figura “Paixão e Crucificação” de Bernardino Luini (o mais famoso afresco renascentista na Suíça, 1529) é de arrepiar.

Igreja Santa Maria Angioli Lugano

Igreja Santa Maria Angioli Lugano

Outra igreja interessante que fica no centro da cidade de Lugano, é aquela de San Rocco. Foi erguida em 1592 sobre as ruínas de uma igreja mais antiga dedicada a San Biagio, consagrada em 1602. Sua fachada é neo-barroca dos anos de 1909/1910. A parte interna é caracterizada pelas paredes e teto com afrescos de cenas relacionadas a vida dos Santos Rocco e Sebastiano.

Igreja San Rocco Lugano

Igreja San Rocco Lugano

Esta viagem foi feita no início de junho com um bate e volta a partir de Milão. Cheguei na cidade de Lugano as 9h30, na parte da manhã fiz este passeio pelo centro e a tarde segui em direção a estação do funicular que vai até o Monte San Salvatore. Veja aqui o post.

Sempre fiz esse bate e volta de carro, pois morando em Milão e com tantos amigos e parentes que vinham me visitar, era sempre um destino solicitado por eles. Dessa vez fiz de trem para saber como funciona também a viagem dessa maneira. Super recomendo, da para fazer tranquilamente e sem nenhuma complicação.

 

Compartilhe!

Sobre o autor

Damares Lombardo

Damares está dentro do mundo de viagens desde 1987. Morou em Milão de 1990 a 2014, quando se transferiu para cidade de Colônia, na Alemanha. Aproveita sempre da facilidade de viajar pela Europa, conhecendo vários países nesse maravilhoso continente!

68 Comentários

      • Damares Lombardo

        Ola vou estar bergamo de 15 a28,seyembro.
        Ja conheco milao e lago como.
        Aconselha a ir a lugano passar 1 dia ?
        Obrigada
        Boas viagens
        Maria jose

      • Damares Lombardo
        Adriana Lichtman on

        Damares, td bem?
        Vou acompanhar meu marido em uma viagem de trabalho e tenho 3 dias livres em Milao. Gostaria de conhecer cidadezinhas próximas. Como ja conheco Verona, Padoa e Veneza, embora muito desejo de voltar a Veneza, queria desbravar outros lugares. Pensei em ir a Bergamo e Lugano. O que vc acha? A viagem será agora, no final de janeiro.
        Bjs

        • Damares Lombardo
          Damares Lombardo on

          Olá Adriana. Acho que são ótimas opções,pois estão bem próximas de Milão e é bem fácil de chegar de trem.
          Abs
          Damares

  1. Damares Lombardo
    Ricardo Schneider on

    Estaremos em Milão(entre 5 pessoas) no inicio de janeiro 2016 e planejamos fazer um bate e volta a Lugano.
    Estamos em duvida sobre ir de trem ou alugar um carro, tendo em vista que estaremos no inverno, sabes me dizer
    como é este trajeto feito de carro ?

  2. Damares Lombardo
    Evian Rose Santos on

    Oi Damares!
    Ficarei por 5 dias no Lago di Como (Moltrasio), de 23 a 27/12.
    Além de conhecer tudo que der da região de Como, a minha ideia é fazer um passeio em Lugano (bate/volta), já que estarei muito perto.
    Estarei de carro para fazer todos os passeios nessa região. Inclusive ir até o Maggiore.
    O que você sugere de passeios estando no Lago. Sei que inverno ilimita alguns passeios. Mas dentro do possivel pretendo fazer o que for possivel.
    Abraços
    Evian

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Evian, além dos passeios nos lagos, visite alguma cidadezinha de montanha, se fizer frio esse ano (porque por enquanto as temperaturas estão muito altas aqui na Europa), você vai pegar neve até mesmo na parte nem muito alta. Tome un bom “vinbrule” (vinho quente) e faça algum esporte invernal. Veja o post que fiz sobre as estações de esqui da Lombardia: http://www.keviagem.com/2013/01/estacoes-de-esqui-na-lombardia-italia/
      Abs
      Damares

      • Damares Lombardo
        Evian Rose Freitas Santos on

        Oi Damares!

        Tinha pensado mesmo nesse passeio depois de ter lido um post seu sobre (Estações de Esqui). E e eu minha família pensamos em dedicar pelo menos 1 dia em Piani di Bobbio, por ficar próximo a Lecco onde estaremos na região do Lago.

        Além da que escolhemos vamos ver as outras sugestões também de Estações de Esqui. Obrigada!

        Abraços

        Evian

  3. Damares Lombardo
    Vera Lúcia Redondo on

    DAMARES! Boa tarde!
    Gostei muito dessa sua reportagem. Vou para Milão em junho e gostei desse passeio.
    Você poderia me mandar mais alguma coisa que eu poderia fazer a partir de Milão? Tem que ser perto é fácil para ir de trem.
    Foi muito proveitoso.
    Obrigada
    Vera

  4. Damares Lombardo

    Olá Damares, parabens pelo blog! Estamos planejando ir a Milão em Abril/Maio, fazer alguns passeios e seguir para Turim. Após, pretendemos ir para o sul da França. Voce tem algum post sobre estes passeios? Recomenda ir pela costa ou tem algum outro caminho viável (ir de Turim à Valence, por exemplo). Lembrando que teremos que voltar para devolver o carro na itália, por uma questão de custo. Obrigada.

  5. Damares Lombardo
    Marcos De Faveri on

    Oi, Damares!

    Estou indo pela terceira vez para a Itália neste ano e vou fazer um bate e volta do aeroporto de Milão com um carro alugado. Por via terrestre, sabes como funciona a fronteira, se tem alguma complicação para entrar na Suiça? Grato.

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Olá Marcos. A Suiça não faz parte do Tratado de Schengen, portanto, entrando no país a partir da Itália, você vai ter que apresentar os mesmos documentos que apresentará na imigração quando chegar no aeroporto da Itália: comprovante de voo de retorno pro Brasil; dinheiro ou cartão de credito internacional para comprovar que tem a quantia suficiente para fazer turismo; reservas de hotéis e seu passaporte, obviamente. Quando alugar o carro, avise que vai até a Suiça, porque precisa ter um selo no carro no valor de cerca 30€ pra dirigir no país que vale por um ano. Nesse caso a locadora lhe fornecerá um carro com o selo.
      Abs
      Damares

  6. Damares Lombardo
    Paulo Afonso Artal on

    Fiquei encantado com esse paraiso pertinho de Milão. Final de setembro/16, farei um bate e volta com certeza;

  7. Damares Lombardo
    Thalita Vanalli on

    Olá Damares muito obrigada pelas dicas!!

    Vou no Natal deste ano para Milão e quero fazer o bate volta para Lugano de trem. Considerando que vou no inverno e que os dias são mais curtos, qual é o melhor horário (ida e volta) para programar esse passeio?

    Desde já agradeço.
    Thalita

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Olá Thalita. Dezembro é o mês mais curto, os dias escurecem muito cedo mesmo. Procure chegar em Lugano no máximo às 9h. Se vc pegar o trem às 8h vai dar para aproveitar a cidade.
      Abs
      Damares

  8. Damares Lombardo
    Luiz Carlos Dias on

    Oi Damares, obrigado pelas dicas, adorei. Estarei novamente na Italia de 01 a 20 de setembro e ficarei hospedado na
    pequena cidade de Figino Serenza,onde aluguei um apartamento, que fica a 25 kms de Milão.
    Por acaso, voce sabe me informar se o trem do bate e volta passa por esta cidade?
    Abçs

    Luiz Carlos

  9. Damares Lombardo

    Moro em Zurique e planejo ir a Lugano no inicio de agosto de carro. A partir de Lugano que lugares na Itália você me recomendaria para ir de carro com viagens curtas de até 2 horas?
    Muito bom seu post sobre Lugano, bastante completo.

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Henrique, Belinzona está bem perto e é bem bacaninha. Aproveite para conhecer o Lago Maggiore que também está bem próximo. Se quiser conhecer uma cidade grande, dê uma chegada em Milão, a viagem dura apenas 50 minutos de trem.
      Abs
      Damares

  10. Damares Lombardo
    Evian Rose Santos on

    Olá Damares!

    Lendo sobre a pergunta do Rodrigo Lacerda, sobre o tal selo de 30€ cobrado para cruzar a fronteira (Itália p/ Lugano).

    Estive em Lugano no dia 26/12/15, num passeio de bate/volta. Estava hospedada em Moltrasio (Como), e ao cruzar a fronteira ninguém nos parou. A fronteira estava tranquila.

    Não tínhamos comprado esse selo, e nem sabíamos como seria.

    Fomos e voltamos tranquilamente sem que nos parasse.

    Não sei porque era um dia de quase feriado por lá. Logo após o dia de Natal, a cidade estava voltando as atividades no período da tarde.

    Na Itália 26/12 é um feriado Santo, tudo estaria fechado.

    Mas em Lugano não era.

    É sempre bom se informar sobre a taxa.

    Na locação do carro não vem esse imposto.

    Abraços

    Evian

  11. Damares Lombardo
    MOISES MARTINS DE MIRANDA JUNIOR on

    Olá, estou na estação de trem de Innsbruck, na Áustria e seguirei para Lugano (via Zurich). Seu post foi show!!!

  12. Damares Lombardo

    Olá, Damares
    Vou passar uma semana em Milão em fevereiro. E quero passar 3 ou 4 dias na Suíça. Gostaria de saber qual a cidade mais próxima com estação de esqui.
    Desde já agradeço
    Abç

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Ola Angelica. Veja estas localidades: Splugen, Andermatt e Airolo.
      Mas olha, na Itália tem ótimas localidades de montanha para esquiar próximo a Milão que custa muito menos que na Suiça.
      Abs
      Damares

  13. Damares Lombardo
    Jandira M. Silva on

    Olá Damares!
    Parabéns pelo excelente blog!!
    Viajo para Itália em 19/02/17 e pretendia passar dois dias em Milão, mas depois de conhecer seu blog e dicas de lugares bem interessantes acho que será pouco.
    Selec

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Olá Jandira. Milão encontra-se numa posição muito estratégica, está próxima a lugares muito interessantes para fazer bate e volta, como Lugano, por exemplo. Se você tiver mais tempo, use-a como base para visitar outras cidades, mas deixe 2 dias para conhecer Milão.
      Abs
      Damares

  14. Damares Lombardo
    Elisangela Zoccarato on

    Você é fantástica Damares. Parabéns e muito obrigado por todas as dicas que nos passa…. você ajudou muito a planejar minhas férias pra Itália que começo em exatamente 10 dias!!!!

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Thais, não saberia lhe dizer. Aconselho a passear pelas ruas mais baratas do centro e ir vendo os preços.
      Abs
      Damares

  15. Damares Lombardo

    Excelentes relatos e dicas! Parabéns! Super gentil compartilhar tantas informações!! Pois bem, estarei em Milão no final de janeiro e, agora que li seu post, deu uma vontade enorme de fazer um bate e volta, de trem, até Lugano. Gostaria de saber porque você salientou que é melhor ir pra lá entre os meses de maio e outubro? É só porque é verão? Lugano perde o charme no inverno? Qual a dificuldade? E caso eu faça Milão até Lugano, num bate e volta, onde ocorre a imigração? Lugano? Tenho que levar as passagens aereas de retorno ao Brasil, a reserva do hotel em Milao, etc…alguma coisa mais específica? Quantas perguntas…abraço!! Obrigado desde já!

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Luciano, salientei para quem deseja fazer um passeio panorâmico com as flores que margeiam o lago. De maio a setembro é o período mais bonito bacana nas cidades de lago. Mas Lugano é uma cidade interessante mesmo no inverno, se tiver neve ganha um certo fascínio.
      A imigração ocorre dentro do trem, o fiscal passa pedindo o documento aos passageiros. Convém levar a reserva do hotel, a passagem de volta pro Brasil e obviamente o passaporte.
      Abs
      Damares

  16. Damares Lombardo

    Boa tarde, estou de viagem a Milão mas vou alugar carro, mesmo que avise que vou viajar á suissa o preço do aluguer é igual ou vão cobrar a taxa dos 40 Francos pela vinheta ?
    Outra coisa, sei que é necessário pagar para cruzar o tunel que atravessa a fronteira, será possivel entrar por outra fronteira sem pagar? Acho que ronda os 30 euros por veiculo
    Agradeço resposta urgente.
    Obrigado

  17. Damares Lombardo

    Bom dia,
    Poderiam dizer-me quanto custa uma lembrança simples em Ligando, como um postal? E terá sítios que aceitam euros?

  18. Damares Lombardo

    Olá ,vou a milao com família por 10 dias Veneza ,Verona está na rota o que me indica e na suica ? Onde fazer compras outelets milao ?

  19. Damares Lombardo

    Olá, Damares. Adorei o post. Realmente me inspirou a incluir Lugano em meu roteiro de maio/2017, quando estarei em Milão. Estou pensando em ir para passar 3 noites nessa linda cidade, sendo um dia inteiro para conhecer e outro para fazer um bate e volta em Locarno. Você acha que vale a pena?
    Outra dúvida importante: como é uma travessia de fronteira entre Itália e Suíça, há alguma burocracia? Temos que comprovar reserva de hotel, passagem de volta, etc?
    Desde já agradeço!

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Olá Taisuke. Maio é mês bonito (se não chover) e as cidades de lago ganham mais encanto. Se vc for ficar em Lugano 3 noites em Lugano, vai poder fazer passeios bem bacanas de barcos. Locarno também é uma cidade de lago bonita.
      Sim, precisa mostrar tudo na fronteira porque a Suiça não faz parte do Tratado de Schengen.
      Abs
      Damares

  20. Damares Lombardo

    Eu e minha esposa estamos com passagem marcada para fim de maio desse ano chegando em Milão e retornando de Zurique num tour de 18 dias pela Suiça . Qual a melhor maneira de conhecer LUGANO/LOCARNO,BELLIZONNA e o trem Bernina Express antes de pegar o Glacier express para Zermatt de onde seguimos para conhecer outras cidades da Suiça ?

  21. Damares Lombardo

    Oi Damares,

    Iremos chegar no aeroporto de Milão no final de Junho e ficaremos 3 dias. Ficamos tão encantados com o post de Lugano que pensamos em fficar hospedamos lá e curtir a cidade. De lá ir um dia para Milão e outro para Bellagio. O que você acha? Tem alguma indicação de hotel?

    Muito obrigada,

    Sérgio

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Acho que se for a partir de maio até setembro vale a pena, mas no inverno não é muito bacana ficar muitos dias num lugar de lago. Apesar de Lugano ter um centro movimentado, o lago e as montanhas que circundam a cidade são o que fascinam os turistas.
      Quanto a hotel, vai depender do seu budget e onde prefere ficar, no centro ou um pouco mais fora.
      Eu sugiro fazer sempre uma pesquisa aqui: http://bit.ly/2nDTTSh
      Abs
      Damares

  22. Damares Lombardo
    Luciano Ortega de Sousa Carneiro on

    Gostaria de saber se os preços praticados em Lugano e em Milão oucercanias é parecido ou se há diferença significativa.
    Como exemplo cito relógios .
    Grato

    Att
    Luciano Ortega

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      Luciano, não sendo uma amante de relógio, nunca me interessei muito por esse assunto, mas acredito que em Lugano seja mais caro. A Suiça é mais cara do que a Itália em geral.
      Abs
      Damares

    • Damares Lombardo
      Damares Lombardo on

      As 3 cidades da Suiça se encontram muito próximas, veja quais mais lhe agrada e decida. Dá para visitar 2 num mesmo dia se for no verão, de maio a setembro.
      Abs
      Damares

Deixe uma Resposta