Costa Amalfitana: o que visitar e como chegar

12

Costa Amalfitana é um daqueles lugares que todos deveriam ir pelo menos uma vez na vida. Esse pedaço de paraíso na região da Campania deixa a gente maravilhado e as vezes até mesmo sem palavras de tanto canto lindo!

Com vista para o Mar Tirreno, a Costa se estende no Golfo de Salerno e inclui alguns dos seus lugares mais famosos a partir de Positano.

Você pode viajar com pacote na Costa Amalfitana com tudo organizado ou em maneira independente. Aqui no post estou dando dicas da Costa Amalfitana para uma viagem independente com mapa da estrada, cidades e cantinhos interessantes para serem explorados. Mas caso queira fazer uma viagem de grupo com tudo organizado com saída de Roma, no final do post encontrará o link para saber maiores detalhes.

A famosa estrada da Costa Amalfitana é sinuosa e se apresenta como uma varanda suspensa entre o mar azul e as encostas das montanhas de Lattari, em uma sucessão de vales e promontórios entre enseadas, praias e terraços plantados com frutas cítricas e uvas.

Um ambiente único protegido pela UNESCO como Patrimônio Mundial da Humanidade.

Ponte na estrada da Costa Amalfitana

Estrada para Positano

Mapa da Costa Amalfitana

Mapa da Costa Amalfitana

Com o mapa da Costa Amalfitana acima, você poderá acompanhar melhor o roteiro a seguir.

Roteiro da Costa Amalfitana

O passeio começa partindo de Sorrento em direção a Positano terminando em Ravello. E aqui você descobrirá o que fazer na Costa Amalfitana.

E ai? Está pronto? Então aperte o cinto e prepare a máquina fotografica, porque as vistas que você vai pegar são espetaculares.

Estrada da Costa Amalfitana

A primeira cidade que você vai encontrar, é Positano, a perola da região com ruazinhas estreitas, casas brancas e panoramas incríveis. Antes de chegar em Positano, você vai ver alguns mirantes na estrada, pare e contemple as vistas deslumbrantes, são verdadeiros momentos de magia.

Positano com mar azul

Positano

Positano, como Sorrento, merece um post dedicado somente a ela, além do mais, é um daqueles destinos que não dá pra falar junto com outras cidades, é tão esplêndida, que parece quase surreal. Então aguarde as cenas dos próximos capítulos…rs.

Deixando Positano, siga em frente até chegar em Praiano e se prepare para mais panoramas extraordinários.

O que fazer na Costa Amalfitana

O que fazer na Costa Amalfitana

A aldeia de Praiano, encontra-se entre a costa e a montanha, oferece praias convidativas, tranquilas e, sobretudo, a única praia da região iluminada pelo sol até o anoitecer. Uma das boas dicas da Costa Amalfitana pra quem curte praia, é Praiano. O lugar é ideal para quem gosta de ficar na praia o dia inteiro sem fazer nada e com pouca gente. A cidadezinha é mais tranquila do que Positano e Amalfi. Na verdade as cidades da Costa Amafitana são bastante tranquilas, as mais animadas são Positano e Amalfi, obviamente do período que vai da primavera até o início do outono, que é aquele de alta estação

Roteiro na Costa Amalfitana

Praiano

Gastronomia da Itália

Restaurante com vista para o mar

Almoço em Praiano com vista para o mar

Encostado a Praiano, está situado o pequeno burgo de Furore, com o seu famoso fiorde onde todos os anos no primeiro domingo de julho, é realizada uma competição espetacular de mergulho a partir de uma ponte. O centro histórico de Furore não fica diretamente no mar, precisa seguir uma estrada para chegar até a cidadezinha, porque se encontra escondida nas montanhas.

É uma cidade dividida em duas: de um lado, há a marina, que é o fiorde, e do outro, casas espalhadas ao longo do cume, quase invisível aos olhos dos viajantes ao longo da costa. É estranho pensar em um fiorde numa zona como essa, porque no imaginário coletivo, estas rochas são peculiaridades tipicamente nórdicas.

Praia na Costa Amalfitana

Você só vai ter essa vista magnífica da prainha de Furore, ao retorno para Sorrento, porque fica do outro da estrada, no lado esquerdo, e não tem como parar o carro. Eu fiz essa foto dentro do carro, o motorista diminuiu bastante a velocidade e eu aproveitei da oportunidade. Fica a dica.

Seguindo em direção a Amalfi, na localidade de Conca dei Marini, você vai encontrar um elevador e escadas que levam até a Grotta dello Smeraldo (Gruta do Esmeraldo), que tem o nome da tonalidade esmeralda que o reflexo do sol penetrando através de uma pequena abertura, dá a água.

Gruta do Esmeraldo

Foi descoberta por acaso em 1932 por um pescador. A gruta tem aproximadamente 45 x 32 metros, chegando a cerca de 24 metros de altura. Em 1956, foi colocado um presépio subaquático na gruta a cerca de 4 metros de profundidade, com estatuetas de cerâmica e tudo que tem direito. Todos os anos, durante a época do Natal, um grupo de mergulhadores deixa maços de flores ao pé do Menino Jesus.

É possível chegar na gruta também via mar. O passeio é feito em pequenos barcos, dura aproximadamente 15 minutos e custa € 5. Saiba que antes de pegar o elevador, precisa descer por uma parte de escada. Funciona das 9h às 16h (a partir da metade de outubro até o início de abril, encerra as 15h).

Continuando com o roteiro na Costa Amalfitana, você chegará em Amalfi, a cidade que deu origem ao nome da Costa. A aldeia não é muito grande e dá para fazer um rolê a pé em pouco tempo. Se você já viu uma foto de Amalfi, com certeza nela tinha o símbolo da cidade, o Duomo. A igreja construída no século IX foi dedicada a Sant’Angelo (Santo Angelo). A cidadezinha é cheia de lojas de souvenirs e produtos típicos como o “Limoncello”.

Cidades da Costa Amalfitana

Amalfi

Catedral de Amalfi

Euzinha na frente do Duomo de Amalfi

Prosseguindo com o roteiro na Costa Amalfitana, apenas a 5 km de Amalfi, você chegará em Ravello. Situada num penhasco íngreme, a uma altitude de 350 m acima do nível do mar, oferece uma panorâmica formidável do mar Tirreno e do Golfo de Salerno. É também conhecida como “Cidade da Música” por organizar importantes festivais.

Vista do mar azul da Costa de Salerno

Ravello

Depois que você conseguir estacionar o carro, vai atravessar a pé um pequeno túnel escavado na rocha para chegar no centro de Ravello. O lugar é também muito frequentado por um público vip, e muitos personagens famosos já se hospedaram aqui, Robert de Niro, é um deles.
Imersa na natureza e com o mar aos seus pés, é uma localidade tanquila e perfeita para pegar vistas de uma beleza esuberante. Ravello há dois tesouros que exibem maravilhas: Villa Rufolo e Villa Cimbrone, dois lugares que encantaram muitos artistas.

Cidade de Ravello

Ravello

Meu passeio na costa terminou em Ravello, mas se você ficar na região por alguns dias, poderá visitar também Minore, Maiori, Cetara e Vietri sul Mare, que são as próximas cidades da Costa Amalfita depois de Ravello. E se tiver ainda mais tempo, dê uma chegada a Salerno, vale a pena. Não pude ir a Capri por causa do mau tempo, apesar de ter pego 28° em plena metade de outubro, com o calor umido, chegou uma forte chuva.

Eu fiz esse roteiro em 2 dias porque estava a trabalho visitando hotéis e restaurantes com um grupo de operadores turísticos, mas até outubro, os dias ainda são longos e dá pra fazer esse percurso que fiz num dia só. Se fizer o passeio até setembro, os dias serão ainda mais longos. Claro que você não vai ter muito tempo em cada lugar, mas com as dicas da Costa Amalfitana que estão aqui no post, poderá aproveitar bem. Começando o passeio cedo, tipo as 8h, dá para fazer tudo sem estresse, mas não de ônibus, nesse caso precisa alugar um carro, ou fazer o passeio com tours de grupo ou privado. Se fizer de ônibus, divida em 2 dias.

Fiquei hospedada em Sorrento, que além de ser uma cidade bonita e charmosa, é uma ótima opção como base para visitar a região e pegar os ferry boats para chegar em outros lugares como Capri e Nápoles, além de estar próxima a Pompéia.

Como chegar à Costa Amalfitana

– O aeroporto mais próximo da Costa, é aquele de Pontecagnano que está a 40 km de Salerno. Nesse caso, para chegar  a partir de Salerno de carro, precisa pegar a rodovia Reggio Calabria-Salerno e depois a saída para a SS 163 até Vietri sul Mare e começar o roteiro por esta cidade. Caso esteja sem carro, pegue o ônibus da companhia Sita (transporte público que faz o percurso pelas cidades da costa), ou o “metro del mare”.

– Chegando no aeroporto de Capodichino em Nápoles, siga para o porto de Beverello e pegue um dos ferry boats. Têm várias companhias que faz esse serviço, alguns viajam mais rápido e custam mais caro. O ferry que faz a viagem até Sorrento em apenas 35 minutos custa em media de € 13.

– Trem: o Circumvisuviana parte da estação Central Garibaldi e chega até Sorrento passando também por Pompéia (Villa dei Misteri). O trem sai a cada 30 minutos e a viagem até Sorrento dura uns 60 minutos. Mas se prepare, porque é um trem bem velho e um pouco sujo, ele para em muitos pontos durante o percurso. Apesar de muitos turistas usarem esse transporte para chegar em Sorrento, eu acho essa opção meio ruinzinha. O bilhete é barato, custa € 4,10.

Para chegar na Costa Amalfitana, já existe um trem mais moderno e decente que se chama Campania Express que parte de algumas estações de Nápoles (para o turista o ideal é pegar na estação Central de Garibaldi que fica bem central). O bilhete custa € 8 e passa também em Pompéia (Villa dei Misteri). Mas tem um porém. Ele só parte 3 vezes por dia, por volta das 8h30, 12h e 18h30. O tempo de viagem também é de cerca 60 minutos. Esse trem só funciona no período da primavera até o outuno (metade de outubro). Atenção, ele só para em Pompéia (Villa dei Misteri) na ida de Nápoles a Sorrento.

Para fazer os passeios na Costa, caso você não queira alugar um carro, a opção é usar tours privados, de grupo ou pegar o ônibus da companhia SITA que percorre toda a costa, parando nas principais cidades. Se quiser fazer o passeio por mar, é só pegar o “metro del mare” (barco que faz ligações entre as cidades da Costa). Mas saiba que vai perder um dos panoramas mais surpreendentes do mundo, porque a estrada da Costa proporciona realmente uma viagem inesquecível!

Caso tenha interesse em fazer um pacote na Costa Amalfitana, visite a página Viagem organizada de grupo.

 

 

 

 

Compartilhe!

Sobre o autor

Damares está dentro do mundo de viagens desde 1987. Morou em Milão de 1990 a 2014, quando se transferiu para cidade de Colônia, na Alemanha. Aproveita sempre da facilidade de viajar pela Europa, conhecendo vários países nesse maravilhoso continente!

12 Comentários

    • Damares Lombardo on

      Mauro, cada país tem suas restrições em relação a isso. Convém vc se informar nos sites dos consulados de cada país que pretende visitar.
      Abs
      Damares

  1. Qual o tempo ideal para cada cidade?
    Eu fiz uma programacao assim:
    Capri – 3 dias
    Sorrento – 4 dias – bate e volta a Pompeia
    Positano – 5 dias
    Estou em duvida se vale a pena fazer bate e volta a Praiano.
    Praiano – 2 dias
    Amalfi – 3 dias
    Ravello – 3 dias; com bate e volta a Maiori e Minori
    Salerno – 2 dias; e regresso de trem para Roma.
    Nao vou alugar carro
    Vou fazer alguns trechos de barco e outros de transfer particular.
    Pode me dar uma ajudazinha pir favor?

    • Damares Lombardo on

      Tania, eu recomendo a ficar todos esses dias na Costa Amalfitana se vc for no verão. Praiano fica entre Positano e Amalfi e é a cidade mais tranquila da costa, não tem muito o que fazer. Amalfi está ao lado de Ravello e acredito que nesse caso vale a pena ficar em uma das duas cidades, sem precisar trocar de hotel.
      Abs
      Damares

  2. Olá Damares
    Que bacana sua explicação, muito bom!
    Veja se poderia me ajudar, iremos (eu, minha esposa e filha) para Minori em Julho. Estou pesando se vale o transfer do Hotel ou fazer as baldeações.
    No caso de transporte publico, pensei o seguinte: Napoles -> Salermo, via Barco e Salermo-> Minore, tb de barco. Sabe se [e poss[ivel e quanto custaria

    • Damares Lombardo on

      Marcio, que eu saiba não tem barco de Nápoles a Salerno. Talvez eu esteja engana, mas desconheço.
      Acho que uma boa opção é chegar em Salerno de trem e depois pegar o barco que faz a Costa Amalfitana e descer em Minori. O ônibus de Salerno a Minori também é uma boa opção.
      Abs
      Damares

      • Obrigado Damares, que informação boa essa hein?!

        Então seguirei sua sugestão, Napolis -> Salermo, by trem e Salermo -> Cost Amalf de Barco e Amalfi -> Minori de onibus ou taxi.

        Já cansei só de imaginar essa baldeação! Você sabe dizer se posso comprar as passagens antecipadas de trem e barco (se vale a pena), valores e tempo de percurso ?

        obrigado!

        • Damares Lombardo on

          Marcio, o trem que vai de Nápoles a Salerno é regional ou Intercity e parte a cada 10/20 minutos, então você pode deixar para comprar lá diretamente. A viagem dura cerca de 40 minutos. Veja no link: http://www.trenitalia.com
          Os barcos e ônibus também partem com muita frequência e você pode deixar para comprar lá.
          Abs
          Damares

  3. Olá Damares! Estou fazendo um roteiro para mim e mais três pessoas para a costa amalfitana. Estamos pensando em chegar de avião a Nápoles e ficar 2 dias, então irmos de ferry boat a Sorrento e ficar mais dois dias. Alugar um carro e partir para Positano onde ficaríamos 4 dias e fazermos um bate-volta a Capri. Depois seguiríamos para Furore por 2 dias e seguiríamos para Salerno. Por favor, me diga se está bom o roteiro e a quantidade de dias

    • Damares Lombardo on

      Dalia, o roteiro está bom sim, mas eu faria o bate e volta a Capri de Sorrento, tem mais opções de ferrys e horários.
      Abs
      Damares

Deixe uma Resposta