Viagem para Italia e Grecia

Viagem para itália e Grécia: roteiro de 20 dias

Se você sonha em fazer uma viagem para Itália, e a Grécia também faz parte de um daqueles lugares que deseja conhecer um dia, porque não unir um roteiro nos 2 países em uma só viagem?

Neste post preparei um roteiro de viagem pela Itália de 10 dias passando pelas cidades italianas mais visitadas. Após o itinerário na terra da “pasta”, você irá continuar seu passeio na Grécia em companhia de uma brasileira residente no país, com um roteiro preparado por ela.

Numa viagem para Itália de 10 dias, sugiro chegar com o voo internacional em Roma ou Milão. Estarei explicando o motivo no final do post e também dando maiores indicaçõe de como comprar seu transporte para Grécia.

Como programar sua viagem para Itália de 10 dias

Vamos começar nosso itinerário por Roma, a capital da Itália.

Roma - Viagem para Itália

Roma – Viagem para Itália

Para o tamanho de cidades europeias, Roma, é grande. Além do mais, oferece uma imensidão de atrações para visitar. Roma, de fato, não é apenas uma cidade nos olhos de quem a visita, o visitante se encanta com a sua continuidade de igrejas que são sobrepostas a templos, religiões que encontraram domicílio, onde morreu Júlio César e Constantino triunfou, e pelo seu rio “tibre”.
É considerada uma das cidades mais bonitas do mundo, além de ser uma das mais visitadas do planeta.

O que visitar em Roma: Vaticano, Basilica di San Pietro (Basílica de São Pedro), Castel Sant’Angelo (Castelo Santo Angelo), Piazza Navona (Praça Navona), Pantheon (Panteão), Foro Romano (Foruns Romanos), Colosseo (Coliseu), Bocca della Verità (Boca da Verdade), Basilica Santa Maria Maggiore (Basílica Santa Maria Maior), Basilica di San Giovanni in Leterano, Piazza di Spagna (Praça de Espanha), Piazza del Popolo (Praça do Povo), Fontana di trevi…

Veja hotéis em Roma aqui.

Recomendo a ficar 3 dias ( o ideal seria 4 dias, mas tendo apenas 10 para distribuir em outras cidades italianas, vai ter que diminuir de um dia) em Roma e seguir para o próximo destino, Florença.

Aconselho a fazer a viagem de Roma a Florença de trem, dura cerca de 1h e 30 minutos com um dos trens da Freccia (Frecciarossa, Frecciargento). Se viajar com o trem regional, vai pagar mais barato, mas o tempo de viagem vai ser de quase 4 horas.

Recomendação: compre suas passagens de trem na Itália online com antecedência, quanto mais próximo da data da viagem, mais caro fica. Comprando diretamente no local antes de partir, você poderá correr o risco de pagar um valor bem mais alto. Veja o post com o passo a passo para comprar os bilhetes de trem online.

Florença é um museu a céu aberto

Florença - roteiro de viagem pela Itália

Florença – Piazza della Signoria

Florença é uma das cidades das artes mais importantes da Itália e da Europa. Florentia é o antigo nome da atual Firenze (Florença). A cidade atravessou e deixou marcas importantes na história da Itália e da Europa, e não foi por acaso que ela foi também capital do país por alguns anos. Berço da cultura e da língua italiana, é considerada o símbolo do Renascimento. Artistas ilustres como Michelangelo, Raffaello, Leonardo da Vinci, Giotto, Botticelli e muitos outros, nasceram em Florença.

O que visitar em Florença: Cattedrale di Duomo (Catedral de Duomo), Basilica di Santa Maria Novella, Basilica di Santa Croce, Piazza di Santa Croce, Mercato di San Lorenzo (mercado), Piazza Michelangelo, Piazza della Signoria, Galleria degli Ofizi (Galerias dos Ofícios), Gallerie dell’Accademia di Belli Arti (Galeria das Academias de Belas Artes)…

Sugiro ficar em Florença 3 dias com bate e volta em algumas cidades da Toscana. Florença é um bom ponto para usar como base e visitar cidades vizinhas como Pisa (da pra fazer na metade de um dia inclusive de trem). Caso queira fazer bate e volta em outras cidades, recomendo alugar um carro, pois ao contrário do que muita pensa, não é tão cômodo rodar pela Toscana de trem. Eu fiz essa viagem em primeira pessoa para testar (até então sempre tinha feito de carro), e posso garantir que as dificuldades existem, como estações longe dos centros históricos, por exemplo.

Veja hotéis em Florença aqui.

Deixando Florença, prossiga a viagem para Veneza. O trajeto dura cerca de 2 horas com os trens da Freccia.

Veneza é a cidade sobre as águas

Veneza - cidades italianas

Veneza – Campanário e Palácio Ducal

Fazer uma viagem para Itália e não passar por Veneza, é um pecado mortal! Veneza é a cidade sobre a água, única na sua beleza estravagante com edifícios antigos e canais que servem como vias de locomoção através de barcos. O que para muitos turistas forma um cenário romântico para passar as férias. Veneza é o centro da lagoa de Veneza, que se estende por 40 km ao redor da cidade. Veneza em si foi construída em mais de 100 ilhas individuais. Para consolidar as bases, foram fincadas estacas de madeira de 25 metros de comprimento no solo instável da Lagoa. Circundado por lama salina, a madeira se congelou, formando a base perfeita para a construção da cidade. E graças a madeira congelada, que deu origem as casas em palafitas, hoje podemos apreciar a esplêndida Veneza!

O que visitar em Veneza: Piazza San Marco, Basilica di San Marco, Palazzo Ducale (Palácio Ducal), Ponte dei Sospiri (Ponte dos Suspiros), Ponte Rialto, Basilica della Salute (Basílica da Saúde), Canale di Canareggio (Canal de Canareggio), passeio de barco as ilhas de Murano, Burano e Torcello, passeio em gondôla…

Veja hotéis em Veneza aqui.

Sugiro ficar em Veneza 2 dias e depois seguir para Milão. A viagem de trem dura cerca de 2 horas e 35 minutos.

Milão é moda, elegância e design

Milão - Viagem para Itália

Milão – Galeria Vittorio Emanuele II

Tudo bem, sua viagem para Itália está direcionada a visitas nas cidades que possuem um número grande de monumentos e Milão ficou de fora. Mas vou te contar uma coisa: em Milão você vai encontrar menos monumentos, mas garanto que irá se surpreender com a cidade.
Milão é cidade de projeto desde o lançamento da revolução industrial, propondo modelos de organização do trabalho, da economia e da sociedade que tem sido um ponto de referência para todo o país. A cidade assumiu historicamente o papel de capital do business e da moda da Itália, com resultados importantes em termos de produtividade e imagem. É fortemente ancorada à imagem de líder internacional da moda e do design internacional. É uma cidade para explorar e amar, rica de tesouros com uma noite estremamente ativa. Milão é uma cidade interessante e vibrante.

O que visitar em Milão: Piazza del Duomo (Praça de Duomo), Cattedrale di Duomo (Catedral de Duomo), Galleria Vitorio Emanuele, Castello Sforzesco, Ultima Cena di Leonardo da Vinci (Ultima Ceia), Bairro de Brera, Pinacoteca di Brera, os Navigli

Veja hotéis em Milão aqui.

Sugiro ficar em Milão 2 dias e depois partir com avião para Atenas (Grécia).

É possível chegar na Grécia a partir da Itália de avião, ferries, trem e ônibus. Mas claro que se você estiver de férias, com certeza seu tempo será limitado, certo? Então opte pelo voo que vai te levar até o aeroporto de Atenas rapidinho, e se você comprar a passagem com bastante antecedência, vai pagar bem barato.

Eu iniciei o percurso acima por Roma e terminei por Milão, porque dessa maneira você poderá comprar o voo para a Grécia saindo de uma cidade e retornando por outra: Milão/Atenas e Atenas/Roma. Se o seu voo internacional chegar e partir de Roma, esse trajeto seria perfeito, mas se você encontrar um bilhete aéreo chegando e partido de Milão, pode fazer o percurso ao contrário e depois comprar o voo para a Grécia dessa maneira: Roma/Atenas e Atenas/Milão.

Visite os sites das companhias aèreas “low cost” e também aqueles de linha para ver os preços. Comprando com bastante antecedência, você vai conseguir passagem a partir de 40€ com direito a despachar a mala. Mas atenção, porque os preços mudam a cada dia ou até mesmo em questão de horas.

O que eu estou tentando te explicar, é que você poderá comprar a passagem de retorno da Grécia diretamente pra cidade que pegará o voo de volta pro Brasil. Outra opção é comprar seu bilhete aéreo da seguinte maneira: Brasil/Itália/Grécia/Brasil. Desse modo, a passagem para Grécia já estará inclusa no seu bilhete internacional.

Chegou em Atenas! Que maravilha! Já estou vendo sua carinha de felicidade em pisar na terra da mitologia e das ilhas paradisíacas.

Então agora continue através do roteiro de viagem na Grécia com a Virna Lize do blog “Uma brasileira na Grécia”.  Virna organiza Roteiros Personalizados para Grécia e oferece serviço de acompanhamento pelo país.

[caixa title=”Saiba mais”]

Organizando um roteiro de viagem para Europa
O que levar na mala para uma viagem a Itália
Comer em Florença pagando pouco
Conheça o castelo de Milão

Organize sua viagem para Itália visitando os links abaixo

Reserve seu hotel com o booking.com
Viajando de carro, alugue com Rentalcars
Passeios, Transfers e Shows na Itália

Siga Keviagem nas redes sociais:
instagram
facebook
twitter

[/caixa]

Damares está dentro do mundo de viagens desde 1987. Morou em Milão de 1990 a 2014, quando se transferiu para cidade de Colônia, na Alemanha. No momento vive na linda região de Lisboa, pertinho do mar! Aproveita sempre da facilidade de viajar pela Europa, conhecendo vários países nesse maravilhoso continente!

contato1@keviagem.com

Comentários
  • Damares Lombardo

    Muito bom

    29 de junho de 2015
  • Damares Lombardo

    Ótimo artigo! Estou planejando ir a Itália e Grécia em outubro (voo Rio – Roma comprado para 5 de outubro), mas estou um pouco preocupado com as chuvas na Grécia. Será que é melhor conhecer primeiro a Grécia e depois conhecer a Itália?

    31 de agosto de 2015
  • Damares Lombardo

    Adorei seu roteiro, vai me ajudar muito, ja enviei seu link para as amigas.
    Estou fechando com elas , Itália em julho e quem sabe emendar a Grécia.
    Obrigada

    24 de maio de 2016
    • Damares Lombardo

      Boa tarde Solange,

      Vicê fez a viagem pela Italia e Grecia?
      Estou querendo ir em maio e gostaria, se possível o seu roteiro e se fez excursao!
      Obrigada!

      16 de abril de 2017
  • Damares Lombardo

    estamos programando nossa viagem p greci e italia em final de junho 2017 gostaria que voce nos desse uma opiniao sobre a epoca / a melhor logistica onde ir primeiro que locais vale a visitaçao etc . e se voce profisionalmente faz acompanhamento ou so o planejamento somos 2 casais

    24 de outubro de 2016
  • Damares Lombardo

    Amei o artigo. Obrigada pelas dicas!

    24 de outubro de 2016
  • Damares Lombardo

    ameeei suas dica! mt obrigada!
    Estou querendo ir p Grécia e p Suíca tb. N sei oq escolher. rs
    Pq de Lugano (perto de Milão) para Lucerna tem um trem panorâmico lindo.
    Obrigada!

    7 de janeiro de 2017
  • Damares Lombardo

    Ola ! Parabéns pela linda reportagem. Excelente.
    Então, sou pouco viajada e medrosa… pra falar a verdade cagona rsrsr
    Pretendo retornar a Itália mas fazer o Sul Costa Amalfitana e Sicilia. Pois as principais cidades já conheço ( não muito a fundo mas deu pra sentir o prazer da Itália.
    Minha dúvida: Tem como Fazer Costa, Sicilia e incluir Grécia uns 6 dias na Grécia? obrigada bjsssssss

    2 de março de 2017
  • Damares Lombardo

    Bom dia, Excelente Post. Planejo ir em abril 2018 com uma amiga. Esse é exatamente o roteiro que queremos. Grecia e Italia. O mês de Abril é uma boa escolha? Qual dos dois roteiros você sugere para inicio? Grecia ou Italia?

    8 de março de 2017
  • Damares Lombardo

    Estou pesquisando cruzeiros que faça Itália, Grécia e Croacia. Posso escolher entre: agosto, outubro ou novembro. Qual o mês mais indicado para esse itinerário? O embarque é em Veneza!

    26 de março de 2017
  • Damares Lombardo

    Damares, muito bom seu post. Eu e minha noiva estamos planejando fazer Itália e Grécia num roteiro de 18 dias em Abril. Você acha que é mais econômico cotarmos por conta, escolhendo hotéis e passagens, ou deveríamos optar por empresas que ofertam pacotes? Outra dúvida (se não for pedir demais), é necessário obter visto para ambos os países aqui no Brasil, correto?

    Forte Abraço.

    9 de agosto de 2017

Deixe Um Comentário