Conheça 10 hábitos e manias dos italianos

Quer descobrir as manias dos italianos assim como seus hábitos? Então se prepare pra dar muita risada, porque esse povo é engraçado!

Bom, cada povo tem seus hábitos e manias, mas o italiano tem muitas!

Com 24 anos de residência na Itália, acho que posso dar meus pitacos em relação a cultura local. Então vamos lá!

Coloquei aqui uma lista dos hábitos e manias dos italianos com as posições segundo o meu ponto de vista:

10°– Se você acha que o brasileiro fala muito mal do Brasil, é porque não morou na Itália. O italiano fala super mal da Itália, agora que está vivendo um momento de crise, pior ainda. Essa é uma das verdadeiras manias dos italianos! Eu achava tão estranho quando cheguei aqui há 24 anos, porque naquela época, o brasileiro não criticava tanto o Brasil como hoje e, eu que era super patriota, ficava meio desorientada sem entender o motivo de toda essa crítica com o próprio país. Hoje entendo, apesar de achar que muitas vezes exageram.

– Falar alto é um hábito tipicamente italiano, principalmente no sul do país tipo Sicilia, Nápoles e Calábria. Eles falam alto e muitas vezes ao mesmo tempo. Não, o brasileiro não fala mais alto do que eles, posso lhe garantir!

– Reclamar de tudo é um esporte nacional. Se está fazendo frio, é porque está muito frio, se chega o calor (ainda sem estar muito forte), está muito calor, se o clima está muito seco, precisa chover, depois de dois dias de chuva, está chovendo demais!

– Férias em Villaggio! Essa é uma daquelas coisas que irrita profundamente viajantes como eu, que adora explorar os lugares por onde passa. Villaggio são estruturas enormes que tem tudo, de onde as pessoas não saem de dentro porque é tudo “all inclusive”, ou seja, tudo está incluido no pacote de viagem e geralmente está situado diretamente em praias paradisíacas. O restaurante do hotel oferece comida italiana com cozinheiro italiano. Ah, a animação também é italiana. É aquele tipo de viagem que o turista não conhece praticamente nada do país que esta visitando, sai da Itália mas continua em companhia dos italianos e vivendo os dias de férias como se não tivesse saído de casa. Respeito quem gosta de viajar desse modo, mas acho meio triste. Claro que nem todos viajam dessa maneira, mas a maioria sim, é próprio um hábito.

– Gostar de se vestir bem é uma das características do italiano, isso não significa que todos sigam essa linha, alguns não se importam muito com isso, mas a maioria sim. O italiano gosta de se vestir bem em todas as ocasiões, até mesmo quando está viajando de férias, leva roupa para cada momento. Não é a tôa que os estilistas mais famosos são italianos. E cá pra nós, eles tem bom gosto, né? Acho que esse é um dos hábitos que já virou mesmo uma das manias dos italianos, se preocupar em se vestir bem sempre.

– Fazer uma fila decente na Itália é algo quase impossível. As pessoas chegam e não vão para trás de quem já está na fila, mas se posicionam ao lado. Ai o próximo chega, e fica também ao lado, e com isso vai se formando uma pirâmide e uma confusão danada, sem falar nas brigas. Agora esse problema foi resolvido em alguns estabelecimentos com números de ordem de chegada distribuídos pelas maquininhas.

– Não sei se existe um povo que gesticula mais do que o italiano. Não falam somente com as palavras, mas também com as mãos, usando gestos para reforçar um conceito. É uma segunda linguagem que faz parte da cultura italiana.

3° – Falar de comida é um assunto que rende pra caramba na Itália! Aqui tudo termina com receitas. Você começa um papo com alguém e daqui a pouco sem nem perceber a conversa já chegou na cozinha com trocas de receitinhas e tudo mais.

– O Café? Ah, ele não passa batido, essa bebida é paixão nacional! E não é pra menos, o café italiano é realmente o melhor em absoluto. Até eu que não bebo café, de vez em quando caio na tentação e tomo um golinho. Em Nápoles, tem até um hábito que se chama “Café Suspenso”. A pessoa toma um café e paga dois. O segundo pago se chama suspenso, fica reservado pra quem não pode pagar, tipo mendicantes, porque na tradição napolitana, até mesmo eles têm o direito de tomar um cafezinho!

– O famoso bidê ganha de todos os hábitos e manias dos italianos. Pra um italiano ficar hospedado num hotel ou na casa de alguém sem o danado do bidê, é um pesadelooooo. Eu já dei a idéia de colocar um chuveirinho (na minha casa eu coloquei) ao lado da privada como fazemos no Brasil, mas não tem jeito, eles não abrem mão do bidê!

Manias e hábitos a parte, o italiano é um povo receptivo, alegre e adora brasileiros!!!

Vai viajar para Itália? Então não deixe de visitar a página de Serviços Turísticos para se organizar melhor!

Damares está dentro do mundo de viagens desde 1987. Morou em Milão de 1990 a 2014, quando se transferiu para cidade de Colônia, na Alemanha. No momento vive na linda região de Lisboa, pertinho do mar! Aproveita sempre da facilidade de viajar pela Europa, conhecendo vários países nesse maravilhoso continente!

contato1@keviagem.com

Comentários
  • Damares Lombardo

    Sem dúvida cara Damares, eu estive em maio e notei muito isso.

    Só que achei o italiano, mais calado e pensativo, a crise do euro está mexendo com o povo.

    Agora o que é legal são as batidas de canelas que vi nas estações de metrô isso foi um show a parte, e os palavrões kkk até hoje dou risada da situação.

    E falam mal demais da itália, mais do que eu falo do Brasil kkkkkkkkkk

    Abcs,

    19 de junho de 2014
  • Damares Lombardo

    Damares , adorei o seu artigo e ri muito por causa do bidê, é muito bom saber sobre essas curiosidades pois pretendo ir em novembro a Itália assim já não vai me causar espanto quando ver algo assim…Estive na Alemanha em 2006 fui ver a copa e fiquei em Colônia no Hotel Park Inn que ficava a 10 min a pé da catedral a Don perto da estação, lá foi minha base, pois saia pela manhã para visitar outras cidades e voltava a tarde, como Koblenz que é uma gracinha, fui tbm a Dusseldorf, Berlim, Dortmond, Frankfurten e etc… Ah! ainda aproveitei e dei um pulinho na Holanda em Amisterdan, obrigada pelas dicas.

    24 de fevereiro de 2015
  • Damares Lombardo

    Ola, muito bom esse seu artigo, sou de família descendente de Italianos de Milano creio eu e por estranho que pareça tenho muito desses costumes, principalmente gesticular quando falo, pareço um Rapper falando Rsrs…

    21 de março de 2015
  • Damares Lombardo

    Adoro os italianos, povo alegre ” Tuti buona gente”☺.

    6 de setembro de 2016
  • Damares Lombardo

    Kkkkkk…
    Boa parte das características itálicas em muito me assemelham, principalmente falar alto e gesticulando, o hábito de se vestir adequadamente para ir a algum lugar, são características particularmente minhas, minha família é da cidade de trechinna. Parabéns pelo artigo

    17 de dezembro de 2016
  • Damares Lombardo

    Gostaria de ter contato com você. Assunto orientação.

    28 de janeiro de 2017
  • Damares Lombardo

    Eu gostaria de saber por que Italianos falam “Da-lhe”…

    30 de janeiro de 2017
  • Damares Lombardo

    Agradeço as dicas, gostei muito de saber que amam café pois eu o amooooo, farei minha primeira viagem a Italia e estou ansiosa, grata, abraço.

    17 de fevereiro de 2017
  • Damares Lombardo

    Bem assim mesmo pelo menos o italiano que estou namorando é bem assim veio aqui na minha casa estranhou muito,mas eu o ajeitei com amor e com o famoso jeitinho brasileiro e deu tudo certo

    24 de fevereiro de 2017
  • Damares Lombardo

    eu estou fazendo um trabalho de geografia egostatia de saber quais os costumes mas recentes dos italianos ♥♥ obgd

    19 de julho de 2017
  • Damares Lombardo

    Olha os meus familiares são exatamente como eles ,quando o pessoal se reúne pares se que todos são surdos. Kkkk de tanto que falam alto. Já é genética.

    30 de agosto de 2017
  • Damares Lombardo

    Tenho uma dúvida, meu namorando sempre fala assim : Mi manchi cucciola🤔é natural ? Eu acho estranho, mais fico calada. Você pode me orientar 😁

    8 de março de 2019
  • Damares Lombardo

    Damares, estou morrendo de rir aqui!!!
    Daqui há 30 dias estarei em Milão e depois Roma… Quero ver as surpresas…Com certeza não esquecerei do seu artigo. Beijão

    18 de junho de 2019

Deixe Um Comentário